Imagem IPVA São Paulo

Seu IPVA pode aumentar
em até 4x e virar uma dívida ativa.

Manutenção Preventiva

Viagem de carro: 4 itens para checar antes de viajar

Imagem Principal Post
Imagem Autor

Por DOK Despachante
Redator DOK Despachante.
Publicado em 01/08/2017 | Atualizado em 06/06/2019


Em uma viagem de carro, há vários detalhes a serem observados para garantir que ela seja tranquila e segura. Dedicar um pouco de tempo antes de cair na estrada pode evitar uma série de situações desagradáveis ou até mesmo perigosas — além, é claro, do custo certamente maior caso tenha que providenciar algum reparo no meio da viagem.

Por isso, no post de hoje, preparamos uma lista com 4 itens para checar antes de viajar. Confira!

Manutenção periódica

Todo veículo demanda verificações periódicas de itens que se desgastam com o tempo e mediante o uso. É sempre bom anotar quando foram e quando devem ser trocados itens como correia dentada, velas, cabos, filtros de ar e combustível e alguns componentes da suspensão.

Anuncio Despachante DOK

Se você faz um bom controle desses itens, será possível saber se a distância a ser percorrida na viagem demandará ou não a troca antecipada de algum deles. O melhor a fazer é consultar o manual do veículo e verificar quais demandam trocas periódicas.

Não tem mais o manual do de carro? Não se preocupe: a maioria dos fabricantes mantém versões digitais dos manuais em seus sites!

banner-blog-fev-01-2016-b

Fluidos

Todos os fluidos são de extrema importância para o funcionamento do carro. Além da troca periódica, conforme especificado no manual, é importante verificar com frequência os níveis dos líquidos (recomenda-se uma vez por semana) para se certificar de que não estão ocorrendo vazamentos. Confira os principais fluídos do carro:

Anuncio Despachante DOK

Óleo do motor

A validade do óleo do motor depende tanto da quilometragem quanto de tempo. Aos poucos, ele perde suas características e permite maior atrito entre as partes do motor, podendo ocasionar o seu travamento, o que é extremamente dispendioso. Portanto, nunca troque o óleo fora dos prazos estabelecidos pelo fabricante.

A verificação do nível é feita com uma vareta, mas é preciso consultar o manual, pois alguns modelos exigem procedimentos especiais, como ligar o carro por alguns minutos antes da verificação. É possível apenas completar o nível de óleo em vez de trocar, embora isso não seja recomendado por permitir a formação de borras.

Líquido arrefecedor

O líquido arrefecedor normalmente está armazenado em um recipiente de plástico chamado tanque de expansão, com indicações dos níveis mínimos e máximos de operação. É muito importante seguir essas indicações pois, enquanto a falta promove o superaquecimento do motor, o excesso aumenta a pressão de trabalho do sistema, podendo ocasionar a ruptura de mangueiras ou outros componentes.

Anuncio Despachante DOK

É muito comum que os proprietários utilizem água comum para abastecer o sistema, o que é muito errado. A água contém minerais que podem criar borras nos componentes, diminuindo a vazão, ou mesmo oxidar algumas peças do sistema.

Fluido de freios

Assim como o líquido de arrefecimento, é possível verificar se o fluido está no nível correto por meio das marcações no seu recipiente plástico.

Pneus

Os pneus têm um papel fundamental no funcionamento do carro e configuram uma das principais razões de problemas em uma viagem.

Anuncio Despachante DOK

A pressão dos pneus está relacionada a uma série de fatores, incluindo a segurança da condução, a vida útil desse componente e o consumo de combustível. Certifique-se de que seus pneus são calibrados corretamente de acordo com o manual do veículo. Muitas vezes, os valores de calibragem também se encontram em adesivos na coluna da porta do carro.

Além da calibração, é preciso verificar a profundidade dos sulcos. Pelo Código Nacional de Trânsito, os sulcos devem ter, no mínimo, 1,6 mm de profundidade.

Não se esqueça de verificar também o estepe, observando os mesmos cuidados dispensados aos demais pneus.

Anuncio Despachante DOK

Freios

O correto funcionamento do sistema de freios é imprescindível para a segurança da condução. Nesse caso, além do fluido de freio, como mostramos acima, é preciso verificar se as pastilhas não estão desgastadas. A melhor maneira de fazer isso é visualmente, mas chiados podem indicar que já é hora de substituí-las.

A verificação desses itens é rápida e importante. Uma falha em qualquer um dos componentes listados pode comprometer seriamente a sua segurança e dos seus passageiros. Por isso, compartilhe esse post em suas redes sociais e ajude seus contatos a tomarem as mesmas precauções, e também aquela limpezinha no carro para ter aquela viagem confortável livre de odores.