Como saber se é hora de trocar a pastilha de freio?

Por: Gregory Packs

Publicado em 03 de agosto de 2017 | Atualizado em 26 de dezembro de 2023

Capa Artigo Pastilha de freio aprenda a hora certa de fazer a troca | DOK

Salve, Motorista! Para muitos condutores, identificar sinais de que um componente do carro precisa ser substituído pode ser uma tarefa difícil, incluindo a pastilha de freio.

No caso dessa peça, por tratar-se de um elemento discreto que não chama muita atenção, pode ser ainda mais desafiador perceber que é hora de fazer a troca. 

Mas, a verdade é que o seu automóvel dá indícios do que precisa a todo momento. O segredo está em saber ouvir o que o veículo tem a dizer e ser ágil para fazer as trocas necessárias.

Hoje, falaremos sobre a troca de pastilha de freio, desde como identificar a fase certa para fazer isso até quantos quilômetros dura a pastilha de freio. Aproveite a leitura e lembre-se de compartilhar este artigo com outros motoristas!

Dica de ouro

O que é pastilha de freio?

Antes de saber quando e como substituir uma pastilha de freio, você precisa descobrir o que essa peça representa. Trata-se de um componente fundamental no sistema de frenagem de veículos automotivos. 

Basicamente, a pastilha de freio transforma a energia cinética em calor por meio do atrito, o que vai desacelerar ou interromper a velocidade das rodas.

Projetadas a partir de pinças de freio, as pastilhas geralmente estão localizadas nos discos de freio, sendo pressionadas sempre que o pedal é acionado pelo motorista.

Por ter um impacto direto na forma como um veículo é conduzido, tem um papel essencial na segurança, uma vez que é responsável por fazer o automóvel parar de forma quase imediata quando necessário.

Em outras palavras, a pastilha de freio é um dos itens mais importantes para promover um trânsito estável. Presente em diversos tipos e com características que se adaptam às demandas do público, a peça pode precisar de substituições eventuais.

Os tipos de pastilha de freio

Existem três tipos principais de pastilha de freio disponíveis no mercado, sendo elas:

Pastilhas Orgânicas:

  • Compostas principalmente por materiais orgânicos, como fibras, resinas e materiais de fricção;
  • Oferecem desempenho silencioso e são mais suaves no disco e na pastilha de freio;
  • São uma opção econômica e amigável ao meio ambiente, mas tendem a desgastar mais rapidamente.

Pastilhas Semi-Metálicas:

  • Combinam materiais orgânicos com partículas metálicas, como cobre, aço e outros metais;
  • Proporcionam melhor dissipação de calor e durabilidade em comparação com as orgânicas;
  • São uma escolha versátil, oferecendo um equilíbrio entre desempenho, durabilidade e preço.

Pastilhas Cerâmicas:

  • Feitas de cerâmica e outros materiais compósitos avançados;
  • Oferecem excelente desempenho de frenagem, durabilidade e resistência ao desgaste;
  • Produzem menos poeira de freio e são mais leves, contribuindo para uma condução mais eficiente;
  • Costumam ser a escolha para veículos de alta performance e de luxo, mas podem ser mais caras.

Evite escolher pastilha de freio com o valor mais em conta, primeiramente, estude as opções e determine qual delas é a mais promissora. Vale a pena conversar com um mecânico de confiança e pedir por recomendações, inclusive para saber quanto custa a pastilha de freio.

Infográfico sobre os tipos de pastilha de freio | DOK
Infográfico elaborado por Bruna Florentino | DOK

Saiba mais curiosidades

Ei, Motorista! Se você chegou até aqui, achamos que também vai precisar saber disso. Confira: 


Como saber se a pastilha de freio está gasta?

Chegamos à parte mais interessante deste artigo. Afinal, como saber se é o momento para trocar uma pastilha de freio? Como foi dito antes, esse componente dá sinais de que pode estar com problema. Aqui estão alguns deles:

  • Ruídos anormais: a pastilha de freio desgastada produz barulhos, como sons agudos, chiados ou rangidos durante a frenagem. O barulho é muitas vezes causado pelo atrito metal com metal.
  • Indicadores de desgaste: muitas pastilhas modernas possuem indicadores de desgaste, que são peças metálicas que entram em contato com os discos quando atingem um nível crítico. Se você ouvir um som de apito ao frear, pode ser o indicador de desgaste;
  • Diminuição na eficiência da frenagem: se notar que o veículo leva mais tempo para parar ou se sente menos responsivo ao pressionar o pedal de freio, pode ser um sinal de que as pastilhas estão desgastadas.
  • Vibrações ou pulsos: vibrações no volante ou pulsos sentidos durante a frenagem podem indicar desgaste irregular nas pastilhas ou discos de freio, exigindo uma inspeção;
  • Alertas visuais no painel: muitos veículos modernos estão equipados com sistemas de monitoramento de desgaste de pastilhas que emitem alertas no painel quando é hora de trocá-las;
  • Cheiro de queimado: um odor de queimado ao frear pode indicar superaquecimento devido ao desgaste excessivo das pastilhas;
  • Desgaste visual: inspeção visual das pastilhas através das rodas pode revelar o nível de desgaste. Se as pastilhas estiverem muito finas, é hora de substituí-las;
  • Luz do freio acesa: em alguns veículos, a luz do freio no painel pode indicar desgaste excessivo nas pastilhas ou problemas no sistema de freio.

Como trocar a pastilha de freio?

Se você identificou a necessidade de trocar a pastilha de freio, aqui está o passo a passo. Antes de tudo, você vai precisar dos seguintes itens:

  • Macaco hidráulico e suportes de segurança;
  • Chave de roda;
  • Chave de boca ou catraca;
  • Pistão de retração de freio (ou alicate de retração);
  • Chave Allen ou soquete (dependendo do veículo);
  • Lubrificante para pastilhas (à base de cobre);
  • Pastilhas de freio novas.

Com esses itens em mãos, pode começar o processo:

  • Eleve o veículo com o macaco hidráulico para levantá-lo e coloque os suportes de segurança;
  • Remova a roda correspondente à pastilha que será trocada;
  • Acesse as pastilhas antigas, geralmente presas por pinos ou parafusos;
  • Retire as pastilhas antigas. Use o pistão de retração de freio ou um alicate de retração para abrir o pistão da pinça e facilitar a remoção;
  • Limpe a área e aplique um pouco de lubrificante nas superfícies de contato;
  • Instale as novas pastilhas, garantindo que estejam alinhadas corretamente;
  • Recoloque a pinça sobre as pastilhas e fixe os pinos ou parafusos;
  • Repita o processo do outro lado;
  • Recoloque a roda e aperte as porcas de maneira uniforme;
  • Baixe o veículo, remova os suportes de segurança e aperte completamente as porcas das rodas;
  • Antes de dirigir, pressione o pedal de freio algumas vezes para garantir que as pastilhas estejam devidamente assentadas.

Vale ressaltar que, para maior segurança, é indicado que a troca seja realizada por profissionais qualificados em oficinas e centros automotivos.

Conclusão

Motorista, neste artigo, vimos que a pastilha de freio é uma peça fundamental para garantir a segurança e o desempenho adequado do veículo.  

Realizando a troca desse item, você estará garantindo a eficiência do sistema de frenagem e contribuindo para a durabilidade e o bom funcionamento do seu automóvel.  

Lembre-se sempre de realizar a manutenção preventiva e estar atento aos ruídos do veículo para identificar os sinais de desgaste.  

Gostou do conteúdo? Conheça o nosso blog, temos muitos outros artigos para tirar todas as suas dúvidas! Também confira as nossas redes sociais, estamos no InstagramFacebookYouTubeTikTok e LinkedIn.

Tags: disco e pastilha de freio, pastilha de freio gasta faz barulho, pastilha de freio valor, pastilha de freio gasta


Perguntas frequentes sobre pastilha de freio

Como saber se a pastilha de freio está ruim?

Existem alguns sinais de alerta, como ruídos de atrito, perda de eficiência na frenagem, indicadores de desgaste e vibrações.

Quanto tempo dura a pastilha de freio?

Tudo depende do estilo de condução e do modelo do veículo. Em geral, as pastilhas duram entre 20.000 e 70.000 quilômetros. Portanto, para saber quanto tempo dura a pastilha de freio, é preciso fazer um cálculo acerca do uso do automóvel.

Onde trocar as pastilhas de freio?

A troca pode ser feita por profissionais qualificados em oficinas e centros automotivos.



Posts relacionados