Voltar

{{ placa }} {{ renavam }}

Esse estado não parece certo
Comece com a primeira letra e escolha uma opção

Saiba tudo sobre IPVA

O Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) é um dos principais tributos cobrados no Brasil. Como o próprio nome diz, a taxa deve ser paga por todos os proprietários de veículos automotores, seguindo o calendário divulgado pela Secretaria da Fazenda (Sefaz).

Geralmente, o imposto é cobrado logo no início do ano, antes ou junto ao licenciamento. Os métodos de pagamento do IPVA, conhecido por ser um dos tributos mais caros do país, variam de acordo com cada estado. Porém, na maioria das vezes, é possível pagá-lo à vista ou parcelado.

IPVA 2022: Novos valores e tabela de pagamento

O IPVA 2022 terá algumas alterações em seu valor, e é importante se atentar às mudanças do imposto para evitar surpresas desagradáveis!

Quer entender mais sobre o IPVA? Não sabe como calcular o quanto irá pagar e também não conhece as formas de parcelamento? Para entender todos os detalhes sobre o tributo, utilize os botões abaixo para navegar pelo conteúdo.

O que é IPVA?

O Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores é um tributo de responsabilidade da Secretaria da Fazenda, o qual deve ser pago a cada ano. O IPVA entrou em vigor em 1986, quando substituiu a Taxa Rodoviária Única (TRU).

Apesar de englobar as palavras “veículos automotores”, o imposto é válido apenas para automóveis terrestres, incluindo carros, motos, caminhões, ônibus e máquinas agrícolas, excluindo barcos, helicópteros e aviões.

O pagamento do IPVA é obrigatório para todos os proprietários de veículos do Brasil. Porém, existem diferenças de prazos e valores para cada estado. Já a arrecadação do imposto é dividida da seguinte forma:

  • 20% para o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb);
  • 40% para o estado de registro veículo;
  • 40% para o município em que o automóvel está registrado.

Desse modo, o total arrecadado por meio IPVA é destinado não só para a manutenção e melhoria do transporte terrestre no país, mas o valor também é distribuído entre outras áreas, incluindo saúde, educação e segurança pública.

Consultar IPVA online

Atualmente, não é mais necessário ir até um posto de atendimento do órgão responsável para fazer a consulta de IPVA e dos demais débitos do veículo. Hoje em dia, o procedimento pode ser feito pela internet.

Sendo assim, a consulta pode ser feita tanto no site dos órgãos públicos quanto em despachantes credenciados. Aqui no DOK, ao informar a placa do veículo, você pode verificar a situação completa do automóvel. Saiba como:

  1. No formulário de consulta disponível no topo desta página, informe a placa do veículo desejado e informe um e-mail válido. Feito isso, clique em “Consulte Grátis”;
  2. Em seguida, não só o IPVA, mas todos os outros possíveis débitos do veículo serão mostrados, incluindo licenciamento, DPVAT e eventuais multas. Fácil, não é mesmo?

Secretaria da Fazenda IPVA

A consulta de IPVA no portal da Sefaz, órgão responsável pelo tributo, é complexa e exige muito mais tempo, mas também funciona. Antes de tudo, é preciso descobrir qual o site referente à Secretaria da Fazenda do estado em que o veículo está registrado.

Para descobrir o endereço eletrônico, basta seguir a estrutura: www.fazenda.[ESTADO].gov.br e utilizar a sigla da unidade federativa desejada no lugar de [ESTADO]. Em São Paulo, por exemplo, o link será: www.fazenda.sp.gov.br.

Sefaz-SP consulta IPVA

Após acessar o site da Sefaz-SP, procure pelo link “IPVA - Imposto sobre Propriedades de Veículos Automotores”. Feito isso, clique em “CONSULTAR DÉBITOS - Veículo Próprio”.

Em seguida, você será levado à autenticação de usuário, onde deverá fazer o login ou cadastro via usuário e senha da Nota Fiscal Paulista. Depois, clique na aba “IPVA” e selecione a opção “Consulta de Débitos”.

Por fim, uma nova página irá mostrar se o veículo informado está com o IPVA atrasado ou se possui débitos inscritos na dívida ativa. Caso queira, você também poderá fazer o download da consulta ao clicar em “Baixar”.

Detran IPVA

Apesar de não ser o órgão responsável pelo recolhimento do IPVA, também é possível fazer a consulta do imposto no site Departamento Estadual de Trânsito (Detran) do estado em que o veículo está registrado.

Nesse caso, o procedimento é semelhante à verificação feita no site da Sefaz. Antes de tudo, é preciso descobrir o site do Detran de seu estado. Para isso, basta seguir a estrutura: www.detran.[ESTADO] .gov.br.Em seguida, substitua [ESTADO] pela sigla da unidade federativa desejada.

Detran-SP consulta IPVA

Caso queira fazer a consulta online de débitos veiculares no portal do Detran do estado de São Paulo, tenha em mãos o documento do automóvel. Para saber todos os detalhes da consulta, siga o tutorial abaixo:

  1. Após acessar o site do Detran-SP, clique em “Veículos”. Em seguida, busque pela opção “Pesquisa de débitos e restrições” e selecione o link “Acesse o serviço”;
  2. Feito isso, você será levado à página “Pesquisa de Débitos e Restrições de Veículo”, onde deverá clicar em “Seu veículo”. Com isso, o órgão exigirá o login ou cadastro;
  3. Após se cadastrar ou informar os dados de acesso, clique em “Entrar”. Em seguida, uma nova tela irá apresentar o CPF e a placa do veículo cadastrado. Se ambos estiverem corretos, selecione o captcha “Não sou um robô” e clique em “Pesquisar”;
  4. Por fim, todos os débitos do veículo serão mostrados. Caso exista alguma pendência, você poderá recorrer aos bancos conveniados, lotéricas ou despachantes credenciados para fazer o pagamento.

Valor do IPVA

O valor do IPVA é definido a partir do valor venal do veículo multiplicado pela alíquota praticada por cada estado. Porém, a porcentagem pode variar de acordo com o tipo do automóvel.

Por isso, antes de fazer o cálculo, é importante consultar o preço de venda do veículo na tabela Fipe, além de verificar a alíquota referente à categoria do automóvel, a qual pode ser encontrada no portal da Sefaz.

Cálculo do IPVA

Conforme citado, ao multiplicar o preço de venda do veículo pela alíquota praticada no estado, é possível descobrir o valor do IPVA. No entanto, você não precisa se preocupar em fazer essa conta manualmente, pois o DOK criou uma ferramenta que facilita todo o processo: a calculadora de IPVA.

Para usar a plataforma, é preciso descobrir o valor venal do veículo, o qual pode ser encontrado na tabela Fipe do DOK Despachante. Em seguida, para saber o valor do imposto, basta preencher as seguintes informações sobre o automóvel:

  • Tipo de veículo (carro, moto, ônibus, caminhonete, caminhão ou reboque);
  • Valor venal do veículo (preço de venda);
  • Estado de registro do automóvel.

Qual o prazo para pagar IPVA?

Assim como o preço do IPVA, o prazo para pagar o imposto também muda em cada estado. Geralmente, a regularização do tributo acontece nos primeiros meses do ano, considerando o último número da placa do veículo.

Além disso, o prazo também difere no caso de pagamento à vista ou parcelado. Na maioria dos estados, a quitação em cota única é feita logo em janeiro, enquanto o parcelamento se estende entre os próximos meses do ano.

IPVA 2021

Em 2021, o pagamento do IPVA aconteceu nos três primeiros meses do ano, com desconto de 3% para quem pagasse o imposto em cota única até 20 de janeiro. Além disso, o governo do estado de São Paulo permitiu que o imposto fosse parcelado em até três vezes. Confira:

Mês Janeiro Fevereiro Março
Parcela 1ª parcela ou cota única com desconto (3%) 2ª parcela ou cota única sem desconto 3ª parcela sem desconto
Final de placa Vencimento Vencimento Vencimento
1 7/Jan 9/Fev 3/Mar
2 8/Jan 10/Fev 10/Mar
3 11/Jan 11/Fev 11/Mar
4 12/Jan 12/Fev 12/Mar
5 13/Jan 18/Fev 15/Mar
6 14/Jan 19/Fev 16/Mar
7 15/Jan 22/Fev 17/Mar
8 18/Jan 23/Fev 18/Mar
9 19/Jan 24/Fev 19/Mar
0 20/Jan 25/Fev 22/Mar

Se ao conferir a tabela de vencimentos do IPVA 2021, você notou que deixou de pagar o imposto até o prazo obrigatório, regularize a situação do seu veículo em até 12 vezes com o DOK Despachante. Para isso, basta clicar no botão abaixo:

IPVA 2022

Em 2022, o calendário de pagamento do IPVA foi alterado. Agora, o imposto passou a ser regularizado nos cinco primeiros meses do ano, com a possibilidade de parcelar em até cinco vezes.

Além disso, o governo do estado oferece desconto de 9% para quem pagar o imposto à vista. Aqueles que preferirem parcelar o IPVA também serão beneficiados com 5% de abatimento no valor do tributo. Confira:

arraste para o lado para ver mais...
Mês Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho
Parcela Cota única com desc. 9% 1ª parcela ou cota única com desconto (3%) 2ª parcela ou cota única sem desconto 3ª parcela sem desconto 4ª parcela sem desconto 5ª parcela sem desconto
Final de placa Vencimento Vencimento Vencimento Vencimento Vencimento Vencimento
1 10/Jan 10/Fev 10/Mar 11/Abr 11/Mai 10/Jun
2 11/Jan 11/Fev 11/Mar 12/Abr 12/Mai 13/Jun
3 12/Jan 14/Fev 14/Mar 13/Abr 13/Mai 14/Jun
4 13/Jan 15/Fev 15/Mar 14/Abr 16/Mai 15/Jun
5 14/Jan 16/Fev 16/Mar 18/Abr 17/Mai 20/Jun
6 17/Jan 17/Fev 17/Mar 18/Abr 18/Mai 21/Jun
7 18/Jan 18/Fev 18/Mar 20/Abr 19/Mai 22/Jun
8 19/Jan 21/Fev 21/Mar 22/Abr 20/Mai 22/Jun
9 20/Jan 22/Fev 22/Mar 25/Abr 23/Mai 24/Jun
0 21/Jan 23/Fev 23/Mar 26/Abr 24/Mai 27/Jun
arraste para o lado para ver mais...

Com o DOK Despachante, você pode parcelar o IPVA 2022 em até 12 vezes, utilizando até seis cartões diferentes. Há também como dar uma entrada no boleto bancário e dividir o restante do valor no crédito. Para regularizar a situação do automóvel, basta clicar no botão abaixo:

IPVA caminhão SP

Além do cronograma de vencimentos para veículos leves, a Sefaz-SP também divulga anualmente um calendário de pagamentos para caminhões e tratores, o qual também foi alterado em 2022.

No estado, os donos de caminhões e tratores também têm desconto de 9% ao quitar o IPVA à vista, já aqueles que optarem por pagar parcelado têm 5% de abatimento no preço do tributo. Confira:

Arraste para o lado para ver mais...
Mês Janeiro Março Abril Maio Julho Agosto Setembro
Parcela Cota única com desc. 9% 1ª parcela ou cota única com desconto (3%) Cota única com desc. 5% 2ª parcela ou cota única com desc. 5% 3ª parcela ou cota única com desc. 5% 4ª parcela ou cota única com desc. 5% 5ª parcela ou cota única com desc. 5%
Final de placa Vencimento Vencimento Vencimento Vencimento Vencimento Vencimento Vencimento
1 10/Jan 10/Mar
2 11/Jan 11/Mar
3 12/Jan 14/Mar
4 13/Jan 15/Mar
5 14/Jan 16/Mar
6 17/Jan 17/Mar 20/Abr 20/Mai 20/Jul 20/Ago 20/Set
7 18/Jan 18/Mar
8 19/Jan 21/Mar
9 20/Jan 22/Mar
0 21/Jan 23/Mar
Arraste para o lado para ver mais...

Aqui no DOK Despachante, você pode regularizar os débitos de todas as categorias de veículo em até 12 vezes, incluindo caminhões e tratores. Para isso, basta informar a placa do automóvel e um e-mail válido.

Como pagar IPVA?

O pagamento do IPVA pode ser feito em bancos conveniados, casas lotéricas ou despachantes credenciados. Na maioria dos estados, basta informar o Renavam para que o imposto seja regularizado. Em certos lugares, ainda é preciso emitir uma guia no site da Sefaz para quitar o tributo.

Além disso, os pagamentos devem ser feitos até a data-limite divulgada pela Secretaria da Fazenda do estado de registro do automóvel. Caso deixe de pagar o tributo no prazo, o proprietário terá que arcar com juros diários.

Saiba como pagar o IPVA pela internet!

O IPVA do seu veículo está a um clique no seu celular! Consultar e pagar o IPVA pela internet é fácil e o melhor, totalmente gratuito!

Posso pagar IPVA no despachante?

Além das redes bancárias e das casas lotéricas, você também pode contar com os despachantes para pagar o IPVA. No DOK, por exemplo, são oferecidas diversas formas de pagamento e todo o procedimento pode ser feito pela internet. Saiba como:

  1. Vá até o formulário de consulta disponível no topo desta página, informe a placa do veículo e um e-mail ativo. Em seguida, clique em “Consulte Grátis”;
  2. Feito isso, serão mostrados todos os débitos do automóvel informado, selecione os quais deseja pagar e clique em “Escolher forma de pagamento”;
  3. Na tela seguinte, selecione uma das opções: cartão (em até 6 cartões), boleto bancário, boleto + cartão ou PIX. Após escolher o método de pagamento desejado, clique em “Continuar para entrega”;
  4. Na próxima tela, informe os dados pessoais solicitados e clique em “Continuar para resumo”;
  5. Após verificar se todas as informações estão corretas, clique em “Finalizar pedido”. Feito isso, basta aguardar a aprovação do pagamento.

Parcelamento de IPVA: como funciona?

As formas de parcelar o IPVA diferem em cada estado. Em São Paulo, por exemplo, o valor do imposto pode ser dividido em até cinco vezes. Nesse caso, o proprietário do veículo recebe 5% de desconto ao pagar o tributo no prazo obrigatório.

Já em Minas Gerais, os condutores podem parcelar o imposto em até três vezes. No entanto, ao contrário de São Paulo, o estado não oferece desconto para aqueles que optarem por pagar o IPVA parcelado.

Se o número de parcelas disponíveis em seu estado não for o suficiente, a melhor opção é recorrer a um despachante credenciado. Aqui no DOK, é possível dividir o valor do IPVA em até 12 vezes, utilizando até seis cartões diferentes. Se preferir, você pode dar entrada no boleto bancário e parcelar o restante no crédito.

É preciso imprimir o IPVA?

Com a digitalização de diversos processos, muitas das guias de pagamento de débitos veiculares deixaram de ser impressas. Atualmente, basta informar o Renavam para quitar o tributo na maioria dos estados.

Porém, se seu estado não oferece essa facilidade, será preciso emitir o documento de arrecadação no site da Secretaria da Fazenda ou em um banco conveniado. Depois, você poderá fazer a impressão da guia ou pagar via internet banking.

Segunda via IPVA: como tirar?

Se você perdeu o boleto do IPVA, não é necessário ir até um posto de atendimento da Sefaz para emitir um novo documento. Agora, é possível gerar a segunda via no portal da instituição. Em certos casos, a guia é emitida diretamente no site do banco conveniado.

Porém, também a como quitar o imposto apenas pela placa do veículo ou Renavam. Para isso, você pode contar com as facilidades do DOK Despachante. Assim, não será necessário emitir nenhuma guia para pagar o tributo.

O que acontece se não pagar IPVA?

Conforme mencionado, deixar de pagar o IPVA pode gerar diversos problemas ao proprietário do veículo. Pode-se dizer que a não regularização de imposto gera uma “bola de neve”, pois os juros por dia de atraso se tornam cada vez mais altos.

No início, o condutor pagará 0,33% de juros diários sobre o valor do imposto, até atingir o limite de 20%. Fora isso, o dono do automóvel pode ser inscrito na dívida ativa. Nesse caso, os acréscimos moratórios serão de 40%.

E os problemas continuam, o não pagamento do IPVA pode impedir o licenciamento. Com isso, se o motorista for flagrado dirigindo o automóvel irregular, pagará multa gravíssima no valor de R$ 293,47, terá sete pontos adicionados à CNH e o veículo será apreendido.

Já pensou ter que arcar com todos os valores relacionados ao IPVA vencido? Para saber mais sobre o assunto e evitar os problemas citados, acesse nossa página sobre o tema e saiba todos detalhes sobre como regularizar o imposto em atraso.

Isenção de IPVA: quem tem direito?

Você sabia que algumas pessoas têm direito à isenção do pagamento do IPVA? Para conseguir o benefício, é preciso que o interessado se enquadre em uma das categorias exigidas em seu estado.

Na maioria das vezes, a isenção é concedida para quem se encaixa nas seguintes características:

  • Pessoas com Deficiência (PcD): em geral, estão isentas do pagamento do IPVA pessoas com deficiência física ou mental (grau severo ou profundo);
  • Proprietários de veículos registrados na categoria aluguel: segundo o artigo 135 do CTB, os veículos de aluguel são destinados ao transporte de passageiros de linhas regulares ou empregados em qualquer serviço remunerado;
  • Donos de automóveis antigos: no estado de São Paulo, por exemplo, proprietários de veículos com mais de 20 anos de fabricação estão isentos do pagamento do imposto.

Se você se enquadra em uma ou mais das categorias citadas, leia nosso conteúdo sobre isenção de IPVA e saiba todos os detalhes e passos para conseguir o benefício em sua unidade federativa.

Procurando mais informações sobre o IPVA?

IPVA Atrasado

Saiba mais

Dívida Ativa

Saiba mais

Isenção de IPVA

Saiba mais
Consulte grátis e pague o IPVA em até 12x

Perguntas

Aqui estão as respostas para algumas dúvidas frequentes.

Tire todas as dúvidas

Como puxar o IPVA?

Atualmente, é possível contar com as ferramentas de consulta de débitos veiculares para puxar o IPVA. Para isso, basta acessar o site da Sefaz ou fazer a verificação apenas pela placa do veículo com o DOK Despachante.

Qual a data-limite para pagamento do IPVA?

O prazo para o pagamento do IPVA varia conforme o último número da placa do veículo, as datas também diferem em cada unidade federativa. Por isso, é importante consultar o site da Sefaz do estado em que o automóvel está registrado.

Como pagar IPVA online?

É possível pagar o IPVA online via internet banking ou com o DOK Despachante, por meio da segunda opção, é possível parcelar a taxa em até 12 vezes, utilizando seis cartões diferentes e sem sair do conforto de casa.

Onde consultar o valor do IPVA?

Para saber o valor do IPVA, é preciso multiplicar o valor de venda do automóvel pela alíquota praticada no estado em que o veículo está registrado. Para facilitar esse processo, o DOK Despachante oferece a calculadora de IPVA, uma ferramenta automatizada que facilita todo o procedimento.

Como gerar boleto IPVA SP?

No estado de São Paulo, não é mais necessário emitir boleto para pagar o IPVA, pois o imposto pode ser regularizado pelo Renavam do veículo em redes bancárias, lotéricas ou em despachantes credenciados.

Tire todas as dúvidas