Por que pagamos DPVAT?

Aqueles que possuem um carro sabem que necessitam pagar o Seguro de Danos Pessoais Causados Por Veículos Automotores de Via Terrestre, o famoso seguro DPVAT. Porém, para que esse seguro serve por que os proprietários dos automóveis precisam pagá-lo?

Compreendendo o DPVAT

Com o DPVAT, as pessoas que se envolvem em um acidente têm a certeza de que receberão o dinheiro necessário para pagar exames, internação ou apenas os medicamentos de que precisarem. É como se fosse um fundo: todos os que possuem um automóvel pagam esse valor para que ele seja retirado pelas autoridades e distribuído aos acidentados.

 Valor do seu DPVAT chega a pessoas desconhecidas

Um indivíduo que se envolva em um acidente não receberá o DPVAT exatamente da outra parte participante desse acidente, isso porque os valores do DPVAT são distribuídos nacionalmente. Assim, quando um cidadão pede o DPVAT, provando que se acidentou com um veículo automotor, as autoridades retiram desse fundo e pagam.

Na verdade, o funcionamento do DPVAT é igual ao dos impostos. Ao pagar o IPVA, por exemplo, o cidadão não tem a garantia de que é a sua própria rua que se será consertada com aquele valor: pode ser qualquer uma do país. No DPVAT, também: qualquer pessoa do país, acidentada, pode ser beneficiada.

Por que o valor é pago anualmente e não de uma vez?

Há quem questione a necessidade de o indivíduo efetuar o pagamento do DPVAT a cada ano em vez de apenas uma vez. No entanto, basta pensar que o dono de um automóvel continua dirigindo todos os anos, não parando no primeiro depois que efetuou a compra. Sendo assim, ele permanece passível de acabar envolvido em um acidente.

Como funciona a divisão do DPVAT?

Existem dois ministérios que recebem o valor do DPVAT. O Ministério das Cidades recebe um valor de 5%, que deve ser empregado nas campanhas realizadas para mostrar aos cidadãos os perigos que o trânsito envolve. Outra parte bem grande, 45% é mandada para o Ministério da Saúde e é usada para que os tratamentos dos acidentados sejam pagos. O resto, 50% exato, é o que os cidadãos recebem quando solicitam o DPVAT.

O que é coberto pelo DPVAT?

Além dos gastos com a possível internação, com os exames e também com os remédios, o DPVAT também indeniza em caso de morte, sendo a família que recebe. Se o acidentado ficar inválido, ele também é indenizado pelo DPVAT.

Questão social do DPVAT

A respeito da necessidade de efetuar o pagamento do DPVAT a cada ano, vale dizer que existe uma questão social que os proprietários de automóveis devem compreender: não dá para saber quando se vai passar por um acidente de trânsito ou se ele vai ocorrer. Assim, quitar o DPVAT é uma segurança para quem não se conhece, mas também para a própria família. Vale lembrar que o proprietário com DPVAT sem pagamento fica proibido de licenciar.

Se está tudo ok, licencie aqui!

Posts relacionados
Valor do IPVA

Valor do IPVA

Você sabe como fazer o cálculo do seu IPVA? Aqui você vai aprender tudo sobre o valor do IPVA. […]

Leia mais…

Consulta IPVA

Consulta IPVA

Quer Consultar seu IPVA? Saiba mais aqui. Na DOK despachante você paga seu IPVA, licenciamento e mais em até 10x. Confira! […]

Leia mais…