Desbloqueio de sinistro: onde fazer e como solicitar

Por: Gregory Packs

Publicado em 03 de outubro de 2022 | Atualizado em 21 de dezembro de 2023

capa desbloqueio de sinistro | DOK Despachante

Olá, Motorista! Ativou o sinistro do seu veículo e não sabe como fazer o desbloqueio?

Este artigo vai te ajudar a entender as burocracias que envolvem o seguro e como agir diante da situação.

Mesmo que quem cubra o sinistro do veículo seja a seguradora, dependendo da monta, só quem pode desbloquear o automóvel para circular nas vias públicas é o Departamento Estadual de Trânsito (Detran).

O que é sinistro de veículo

O sinistro é uma previsão que consta na apólice (contrato) de seguro e que diz respeito à ocorrência de eventos que tragam prejuízos ao veículo ou a qualquer outro bem segurado.

A princípio, existem dois tipos de sinistro: o integral, que é acionado em episódios como roubo ou furto e é indenizado o valor total do veículo; ou o parcial, que é resgatado em acidentes em que há danos maiores.

O que é média monta?

Quando acontece um acidente de trânsito no Brasil, o agente responsável precisa classificar a gravidade do ocorrido.

Assim, o Conselho Nacional de Trânsito (Contran) previu na resolução nº 544, a classificação dos acidentes em: pequena monta, média monta, e grande monta.

Confira, a seguir, os detalhes de cada uma delas:

  • Pequena monta: é quando a parte externa do veículo é danificada, mas que não é grave o suficiente para precisar de uma vistoria e o reparo pode ser feito de maneira simples e rápida;
  • Média monta: refere-se aos danos externos estruturais e mecânicos que impossibilitem a circulação do veículo. Porém, que podem ser reparados, permitindo o retorno do carro às ruas;
  • Grande monta: diz respeito aos danos irrecuperáveis causados ao veículo, também conhecido como “PT”, ou seja, perda total.

Carro média monta

É chamado de carro média monta o veículo que, como o próprio nome diz, esteve envolvido em um acidente de gravidade mediana e teve suas peças restauradas, podendo voltar a circular pelas vias públicas normalmente.

Geralmente, esses veículos são vendidos por um valor abaixo da tabela Fipe. Com isso, o comprador assume o risco de ter um carro que já foi danificado, sabendo que problemas posteriores podem surgir devido a esse motivo.

Nos documentos desse tipo de veículo, a situação é descrita como “automóvel sinistrado”. Como os compradores ficam receosos em comprá-los, é comum serem encontrados em leilões de carros.

Como funciona o leilão de média monta

Em geral, os carros de leilão são vendidos por 30% a menos do seu valor de tabela. E como os veículos sinistrados têm um valor bem menor, quando se acrescenta esse “desconto”, pode compensar financeiramente para o motorista.

Para quem entende de carro e já está acostumado a comprar veículos sinistrados, é uma boa opção, mas não recomendamos isso para novos condutores. Além dos possíveis problemas que o automóvel pode ter, em muitos momentos, o barato sai caro.

Como fazer o desbloqueio de sinistro

Geralmente, o sinistro acontece por conta de acidentes que geram danos aos automóveis e que podem causar algum tipo de interferência nas vias públicas se continuarem transitando.

Por isso, a circulação do veículo é bloqueada até que os reparos sejam feitos. Dessa forma, é possível evitar acidentes.

Para que o veículo possa voltar a circular novamente, é preciso fazer o desbloqueio de sinistro, na imagem abaixo, há o passo a passo de como fazer o procedimento. Veja só:

infográfico com os documentos necessário para desbloqueio de sinistro - DOK Despachante

Detran-SP desbloqueio de sinistro

Quem faz o desbloqueio do sinistro, diferentemente do que alguns imaginam, não é a seguradora, mas sim o Departamento de Trânsito referente ao estado em que o veículo está registrado.

Por meio do site do Detran da sua unidade federativa, é possível acompanhar o andamento do processo de desbloqueio.

Para isso, basta fazer o cadastro no portal do órgão com os seus dados e algumas informações do veículo.

Como saber se um veículo tem sinistro ou leilão?

Quando um veículo passa pelo sinistro, independentemente do tipo de monta, fica sinalizado nos seus documentos que aquele é um automóvel sinistrado, conforme já mencionamos.

Então, não existe a chance de você, motorista, comprar um carro sinistrado sem saber disso, porque, se o automóvel estiver com todos os documentos atualizados, eles terão esse alerta.

Então, é sempre importante estar atento à documentação antes de adquirir o bem.


Saiba mais sobre o DOK Despachante

Ei, Motorista! Se você chegou até aqui, achamos que também vai gostar de saber disso. Confira:


Como tirar sinistro do documento do veículo?

Alguns processos precisam ser feitos para que o veículo seja liberado do bloqueio por sinistro. Entre eles: enviar um requerimento oficial ao Departamento Estadual de Trânsito para solicitar o desbloqueio.

No entanto, o requerimento pode mudar de acordo com cada região e ser encontrado no site do Detran referente ao estado em que o veículo está registrado. Após acessá-lo, será preciso preenchê-lo e enviá-lo ao e-mail: autorizacoesprevias@detran.sp.gov.br.

Requerimento desbloqueio de sinistro

Confira, a seguir, o modelo de requerimento de desbloqueio de sinistro do Detran-SP. Nele, serão solicitados os dados pessoais do proprietário, como endereço e telefone e qual o motivo do bloqueio.

Como preencher requerimento para desbloqueio de sinistro?

Para dar entrada na solicitação de desbloqueio, primeiro, você precisa baixar o documento acima, imprimir e preencher com os dados solicitados pelo órgão responsável.

Para pessoas jurídicas, é necessário preencher com os dados da empresa, por exemplo, onde seria “CPF”, será preenchido com “CPNJ”.

Além disso, também é preciso informar o motivo do sinistro, se é por dano de média monta, veículo de enchente ou reclassificação da monta.

O documento precisa ser assinado pelo proprietário e deve ser apresentado ao Detran. No caso de São Paulo, o envio é feito por e-mail, conforme dito anteriormente.

Despachante que faz desbloqueio de sinistro

Os serviços de despachante são muito úteis aos motoristas e conseguem facilitar diversos processos na hora de regularizar a documentação veicular, incluindo o desbloqueio de sinistro. No entanto, muitos profissionais acabaram deixando de prestar esse serviço por conta de sua complexidade.

Contudo, você pode solicitar e acompanhar o andamento do seu desbloqueio de sinistro diretamente no site do Detran de seu estado, basta seguir os passos citados anteriormente neste artigo.

Desbloqueio de sinistro SP com o DOK

No momento, o DOK Despachante não oferece o serviço de desbloqueio de sinistro. Até alguns anos atrás, era possível fazer o acompanhamento, mas o serviço foi cessado. 

Porém, o DOK oferece diversos outros tipos de serviços de despachante. Assim, você pode consultar e pagar os débitos do seu veículo em até 12 vezes sem sair de casa, incluindo licenciamento, IPVA, Dívida Ativa, seguro DPVAT e multas de trânsito.

Como consultar desbloqueio de sinistro

Além do portal do Detran na web, o departamento também tem seu aplicativo disponível gratuitamente para dispositivos móveis, sejam eles Android ou iOS.

Desse modo, no aplicativo, assim como no site, é possível solicitar e acompanhar o andamento da sua solicitação de desbloqueio de sinistro por meio do seu smartphone.

Para consultar as restrições do veículo pelo site do Detran-SP:

  • Acesse a área restrita do portal com CPF e senha;
  • Clique no botão “veículos”, disponível na página inicial;
  • Selecione as opções: serviços > seu veículo – débitos e restrições;
  • Preencha os campos obrigatórios;
  • Agora é só consultar a situação do seu veículo.

Conclusão

Sabemos que o trânsito pode ser perigoso e sempre há risco de situações extraordinárias acontecerem. Por isso, é importante contratar um seguro que supra as possíveis necessidades dos veículos.

Mesmo despreocupado com o prejuízo, sempre que o sinistro a partir de média monta é acionado, é seguido de um processo burocrático de manutenção do veículo e do desbloqueio, que consiste em permitir novamente que o automóvel possa transitar pelas ruas.

Se você comprou um veículo sinistrado e solicitou o desbloqueio, ao realizar o pedido de transferência com DOK despachante, você consegue acompanhar o andamento de ambos pelo nosso portal do cliente após fazer solicitação ao órgão responsável.

TAGS: consultar sinistro de veículo/ requerimento desbloqueio de sinistro Detran-SP/ consulta desbloqueio de sinistro Detran-SP/ requerimento para desbloqueio de sinistro


Perguntas frequentes sobre Desbloqueio de Sinistro

O que é média monta?

Média monta refere-se aos danos externos estruturais e mecanismos considerados medianos, mas que impossibilitam a circulação do veículo nas vias. Porém, que podem ser reparados, permitindo o retorno do veículo às ruas.

O que significa desbloqueio de sinistro?

Quando um veículo sofre um acidente que é classificado como média monta, até que os reparos sejam feitos, o automóvel fica bloqueado pelo sinistro e, para voltar a circular, é preciso pedir o desbloqueio.

Qual o prazo para pagamento de sinistro?

A data de pagamento da indenização de sinistro está descrita na apólice (contrato) do seu seguro, dessa forma, pode variar. Mas o comum é que aconteça em até 30 dias corridos.



Posts relacionados