ATPV-e: saiba como fazer de forma digital

Por: Gregory Packs

Publicado em 20 de setembro de 2022 | Atualizado em 12 de dezembro de 2023

capa artigo atpv-e | DOK Despachante | Descrição: duas mãos seguram um celular, na tela do aparelho é possível ver o documento digital do carro; ao fundo, o volante e painel do veículo.

Fala, Motorista! Você já comprou um veículo e precisou fazer uma transferência para o seu nome ou passar para o de outra pessoa? Nos últimos anos, esse processo sofreu algumas alterações e agora é necessário um documento chamado ATPV-e.

Quer saber tudo sobre a mudança, como emitir e onde fazer? Leia esse artigo até o final.

O que é ATPV-e?

O ATPV-e (Autorização para Transferência de Propriedade do Veículo), é o novo documento que permite a mudança de nome do proprietário de um veículo. Você consegue acessá-lo de forma digital e em versão física no papel A4.

Seguindo a resolução 809, do Contran (Conselho Nacional de Trânsito), até janeiro de 2021, esse mesmo documento tinha o nome de DUT (Documento Único de Transferência).

ipva 2024

Porém, em 2020, o CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo) se tornou digital e para facilitar para todos os condutores, o mesmo aconteceu com o ATPV.

Para que serve o ATPV?

Por mais que o nome seja a abreviação de autorização para transferência, esse documento é apenas uma forma de comunicar ao Detran do seu estado sobre a venda do veículo, que passará a ser de outra pessoa. 

Dessa forma, a compra e venda de automóveis deve ser feita de forma correta e aprovada pelos órgãos de trânsito.

O que aconteceu com o DUT?

Antigamente, o DUT era impresso no papel moeda e vinha junto ao CRV (Certificado de Registros do Veículo) – também conhecido como documento de rodagem. A diferença entre ambos estava nas linhas para preenchimento.

Ele foi substituído pelo ATPV para se tornar algo mais moderno e evitar perdas, visto que agora é totalmente digital.

Vale lembrar que, se o seu veículo ainda tiver o DUT, não é necessário trocar pelo ATPV-e, pois ele será válido até a próxima venda do veículo.

Multa por não fazer a transferência do veículo no prazo

Você sabia que não fazer a comunicação da transferência de veículo é cabível de multa?

De acordo com o artigo 233 do CTB (Código Brasileiro de Trânsito), não realizar a transferência de proprietário dentro do prazo de 30 dias após o recibo assinado, é uma infração média no valor de R$130,16, com mais quatro pontos na CNH (Carteira Nacional de Habilitação) e retenção do veículo até o documento estar legalizado.

Vale ressaltar que também é necessário fazer a transferência em casos de: 

  • Mudança de propriedade ou município;
  • Alteração de características do veículo;
  • Mudança de categoria.

O artigo 123 do CTB, ainda diz que, diferente do motivo tradicional, nesses três últimos casos, é preciso fazer a documentação de maneira imediata. 

Onde fazer transferência de veículo

Para realizar a transferência de veículo, é necessário procurar um órgão que seja credenciado, ou seja, atue como parceiro ao Detran e esteja apto para prestar esse tipo de serviço, locais como despachantes e poupatempo.

Vale lembrar que é possível pagar as taxas em bancos conveniados e casas lotéricas, mas primeiramente, é necessário dar entrada no processo de transferência com o ATPV-e. 

Fazer transferência no DOK Despachante

Se você é do estado de São Paulo, temos uma ótima notícia! É possível fazer a transferência de veículo no DOK Despachante de maneira totalmente online. 

Basta acessar o nosso site, preencher o formulário e seguir o passo a passo indicado. Além disso, se você reside em Sorocaba/SP, pode realizar este serviço diretamente no balcão, em nossa sede.  

A vantagem de fazer a transferência conosco é a possibilidade de parcelar em até 12x no cartão de crédito, além da praticidade e tecnologia de fazer isso sem precisar se locomover até o despachante. 

Sem contar que, caso o veículo tenha outros débitos pendentes, também é possível quitar no mesmo parcelamento. O DOK existe há mais de 16 anos no mercado, é credenciado pelo Detran SP e PR, é prático, fácil e seguro. O DOK é on!

Nesse outro artigo, é possível conferir mais detalhes de como fazer a sua transferência com o maior despachante online do Brasil!

Como acompanhar a transferência

É possível acompanhar o andamento de qualquer serviço a respeito de documentação de veículo, pelo próprio site do Detran. Para isso é necessário fazer um cadastro no portal do órgão com o número do CPF/CNPJ, Renavam e a placa do veículo.

Caso você escolha fazer a transferência com o DOK Despachante, nossa equipe de atendimento vai te atualizar a cada etapa do processo, seja por e-mail ou WhatsApp. Mas além disso, também é possível acompanhar o status do seu pedido na aba ‘minha conta’, em nosso site.


Saiba mais sobre documentação de veículo

Ei, Motorista! Se chegou até aqui, achamos que você também vai precisar saber disso. Confira:


Como emitir o ATPV-e?

Com a mudança do documento, é comum estar em dúvida de como preencher o ATPV-e, mas saiba que é mais simples do que imagina, além da possibilidade de resolver isso em poucos cliques.

A seguir, confira o passo a passo de como emitir o documento pelo Detran SP para transferência de veículo:

  1. Acesse o site do Detran SP;  
  2. Faça login com o seu cadastro; 
  3. Na barra principal, clique em “veículos”; 
  4. Siga para “Transferência de veículo” e depois “Solicitação de ATPV-e”; 
  5. Preencha o formulário e imprima em sulfite branca A4, sem timbre e marca d’água; 
  6. O comprador e vendedor deverão assinar o ATPV-e e autenticar em cartório;  
  7. Feito isso, o comprador segue com o processo de transferência normalmente.

Como emitir o ATPV-e em MG

Sim, isso mesmo que você está pensando, para Minas Gerais, esse processo pode ser um pouco mais burocrático que nos demais estados. 

Primeiro, é necessário acessar o portal do Detran MG, no menu, selecione “Veículos”, depois “Transferências” e escolha a opção “Registrar Intenção de Venda de Veículo”.

Preencha o formulário de intenção de venda. Feito isso, você deve acessar a parte “Emitir Autorização para Transferência de Propriedade do Veículo (ATPV-e)”, após o preenchimento, imprima, assine e reconheça a autenticidade em cartório. 

Depois de solicitado, é preciso voltar ao portal on-line, informar a placa, os números do renavam do veículo, e então, o ATPV-e será liberado. 

De qualquer forma, sempre confirme as informações no portal do Detran onde o veículo é registrado.

Infográfico como emitir o ATPV-e em SP | DOK Despachante
1 - Acesse o site do Detran SP;
2 - Faça login com o seu cadastro;
3 - Na barra principal, clique em “veículos”;
4 - Siga para “Transferência de veículo” e depois “Solicitação de ATPV-e”;
5 - Preencha o formulário e imprima em sulfite branca A4, sem timbre e marca d'água;
6 - O comprador e vendedor deverão assinar o ATPV-e e autenticar em cartório;
7 - Feito isso, o comprador segue com o processo de transferência normalmente.

Conclusão

O ATPV-e é o novo documento para realizar a transferência do veículo, diferente do DUT, ele é feito de forma totalmente online e veio com a proposta de ser mais moderno e digital, como o CRLV. 

Caso você ainda tenha o documento de forma física, saiba que ele é válido até a próxima venda do automóvel.

Você pode realizar esse processo em locais credenciados para atuar como parceiros ao Detran, como despachantes e pelo poupatempo. É possível emitir e acompanhar todo o procedimento pelo site do órgão de trânsito responsável pelo serviço.

Para preencher o ATPV-e, é necessário ter algumas informações do comprador e vendedor, que ambos assinem e reconheçam a autenticidade em um cartório. Somente dessa forma, será  possível dar andamento no processo.

Se a transferência de proprietário, residência, características e mudança de categoria do veículo não for feita no prazo de 30 dias após o recibo assinado, será  considerado infração média de R$130,16, quatro pontos na CNH e retenção do veículo até a legalização do documento. 

Por fim, o DOK Despachante realiza serviços de transferência de veículos apenas para o estado de SP. Porém, se você é do Paraná, no nosso site, pode realizar o licenciamento, multas e IPVA de forma totalmente online, com formas de pagamento exclusivas e direto do conforto da sua casa. 

Gostou desse conteúdo e quer saber mais sobre documentação de veículo? Acesse nosso blog e siga-nos no YouTube, LinkedIn, Facebook e Instagram.

TAGS: aptv download / atvp / certificado de compra e venda de veiculo


Perguntas frequentes sobre ATPV-e

Quanto é a multa por não fazer a transferência de veículo no prazo de 30 dias?

Não fazer a transferência de veículo dentro do prazo de 30 dias, é considerado uma infração média de R$130,16, gera quatro pontos na CNH e retenção do veículo até a regularização do documento.

Como emitir ATPV-e?

Para emitir, basta entrar no site do Detran do seu estado, clicar na aba de veículos, seguir para a parte de ‘transferência de veículos’ e ‘solicitação de ATPV-e’.

Significado da sigla ATPV

A sigla ATPV significa Autorização para Transferência de Propriedade de Veículo e é o documento obrigatório numa situação de compra e venda de automóvel. Sendo o veículo 0km ou usado.

Onde fazer a transferência de veículo online?

No DOK Despachante, é possível fazer a transferência de veículo de modo totalmente on-line, salvo a vistoria. Para saber mais, acesse nossa página de transferência e faça um orçamento!



Posts relacionados