Tipos de capacete de moto: legislações, dicas e segurança

Por: Redator DOK

Publicado em 17 de novembro de 2022 | Atualizado em 15 de março de 2024

capa de artigo sobre os tipos de capacete

Salve, Motorista! Sabia que existem vários tipos de capacete? 

Leia este artigo para entender quais são eles e como escolher o modelo ideal para você! 

Por que é importante usar capacete de moto? 

Por mais que você entenda as consequências da multa sem capacete, é muito importante pensar na sua saúde e na de todos que utilizam as vias, colocando em prática a segurança no trânsito. 

O Ministério da Saúde aponta que o uso adequado de equipamentos de proteção para motocicletas (como o capacete) previne cerca de 69% dos traumatismos cranioencefálicos e 65% dos traumatismos da face. 

Dica para evitar problemas

Seja com uma moto scooter ou uma moto esportiva, é importante o uso de capacete, né?

Quais são os tipos de capacete para moto? 

Existem vários modelos de capacete disponíveis no mercado e dos mais variados fabricantes. 

Pode ser que o capacete mais leve seja melhor para você, do que um tipo de capacete que não entra água, por exemplo. 

Cada modelo atende a uma necessidade principal. Portanto, a escolha do seu capacete deve ser baseada nas suas necessidades. Confira, abaixo, os modelos disponíveis: 

Dica para evitar problemas

Capacete Aberto 

Por ser o modelo mais arejado, é bastante indicado no verão ou para dias de calor muito intenso. Além disso, é muito comum de serem vistos em motos triciclos e motos antigas.

Entretanto, possui poucas proteções no rosto, o tornando pouco seguro e ineficaz nos casos de acidente. 

A maioria dos modelos já apresentam viseira, mas aqueles que não possuem, precisam ser complementados com óculos de proteção, não podendo este ser o de sol. 

Capacete Fechado ou Integral 

Pelo fato de ser totalmente fechado, este tipo de capacete contém pequenos buracos de ventilação que ajudam a não embaçar a viseira. 

Dica de ouro

Suas proporções permitem ampla proteção da face e crânio e é o mais recomendado para o uso diário no trabalho (por exemplo, para os motoboys). 

Híbrido ou Modular 

Capacete híbrido ou modular é o meio termo entre o aberto e o fechado, ou seja, contém viseira articulada. Isso permite mais praticidade ao motociclista e mantém um nível de proteção similar ao modelo integral. 

Capacete Off-Road ou Cross 

Sendo feito para motocicletas esportivas, capacetes desse tipo, possuem queixeira mais longa que os demais, prevenindo a inalação de terra ou areia em caso de quedas nos terrenos irregulares, ao mesmo tempo que protege a boca, nariz e queixo. 

Os óculos de proteção são obrigatórios, visto que esse modelo não tem viseira. 

Dica para evitar problemas
Infográfico dos tipos de capacete | DOK Despachante

Descubra como escolher os melhores tipos de capacetes para moto 

Fazer escolhas nem sempre é uma tarefa fácil. Assim como muitas pessoas têm dificuldade em escolher alguma série para ver ou música para ouvir, comprar um capacete também ficou mais difícil. 

Existem diversas marcas e modelos disponíveis no mercado, todas elas com variações nos preços, cores e acessórios

É justamente por conta dessa grande quantidade de opções e fatores a considerar antes da compra que o momento da decisão ficou mais complicado. Afinal, ter mais possibilidades de escolha não é sinônimo de maior praticidade. 

Mas fica tranquilo(a), a seguir, vou te contar algumas dicas para tornar essa decisão mais fácil. Confira! 

Dica de ouro

Dicas na hora de comprar o capacete 

É importante entender três pontos para escolher bem o seu capacete: 

  • O forro absorve suor, uns mais do que outros. Pensando nisso, opte por algum modelo de capacete que possui o forro removível, o que facilita muito a lavagem;
  • Não compre capacete usado, é uma questão de segurança. O motivo para isso é que você não tem como saber o histórico desse capacete, ele pode estar danificado e o(a) vendedor(a) pode agir de má fé;
  • Alguns capacetes têm pequenos buracos para ventilação, o que permite o uso de óculos de sol ou de grau ao mesmo tempo, sem que o vidro embace muito.

Além disso, existe uma lista de tipos de capacetes aprovados pelo INMETRO (Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial), que indica quais são os modelos permitidos. 

Segundo a resolução nº 453/13 do CONTRAN (Conselho Nacional de Trânsito), os sete modelos de capacetes certificados são: 

  • Integral (fechado) com viseira;
  • Integral sem viseira e com pala (uso obrigatório de óculos);
  • Integral com viseira e pala;
  • Capacete modular (com queixeira articulada);
  • Capacete misto com queixeira removível, pala e sem viseira (uso obrigatório de óculos);
  • Capacete aberto (jet) sem viseira, com ou sem pala (uso obrigatório de óculos);
  • Capacete aberto (jet) com viseira, com ou sem pala.

Saiba mais sobre motos e proteção no trânsito 

Ei, Motorista! Se você chegou até aqui, achamos que também vai precisar saber disso. Confira:   

Dica para evitar problemas

Como saber o tamanho do capacete? 

O número do capacete adequado para você é correspondente com a circunferência da sua cabeça. Para fazer a medição, siga os passos abaixo: 

  • Posicione a fita entre a orelha e a cabeça (no mesmo espaço que a haste dos óculos ocupa);
  • Faça a volta na cabeça;
  • Certifique-se que, na parte da frente da cabeça, a fita passe cerca de um centímetro acima das sobrancelhas;
  • Na parte de trás da cabeça, ela deve passar depois da moleira (região arredondada situada acima da nuca).

Essa técnica funciona tanto para motos quanto para bicicletas e demais meios de transporte que necessitem de capacete. 

Apesar do capacete não ser obrigatório para o uso de bikes (apenas recomendado), existem vários outros acessórios para bicicleta que são essenciais. Então, não deixe de conferir o nosso artigo. 

Infográfico como saber o tamanho do capacete | DOK Despachante
Infográfico de Livia Pereira | DOK Despachante

Além disso, se você usa capa de chuva, é recomendável tirar as medidas com a touca na cabeça.

Dica para evitar problemas

Como identificar capacete com validade vencida 

Existe um mal entendido sobre a validade dos capacetes. Segundo informações do INMETRO, a verdade é que ela não existe, por se tratar de produtos não perecíveis. 

Contudo, isso não significa que é vitalício. Conforme o uso, a espuma interna pode perder sua eficácia na absorção do impacto, tornando-se um perigo para os motociclistas. 

Mesmo que a validade não seja exigida pelo CTB (Código de Trânsito Brasileiro), nem por nenhum outro país, o que os fabricantes brasileiros recomendam é que a troca seja feita a cada três ou cinco anos. 

Para seguir essa recomendação, basta olhar na etiqueta interna do capacete (que geralmente é branca), a data de fabricação e então calcular qual deve ser o seu tempo de uso. 

Dica de ouro

Em que momento preciso trocar de capacete? 

Como mencionado, recomenda-se que a troca de capacetes de fabricantes brasileiros seja feita de três a cinco anos após sua data de fabricação. Entretanto, esta não é a única orientação definida. 

Em casos de acidentes, nos quais o capacete cai (seja no trânsito ou até mesmo da mesa ao chão), sua troca é recomendada. 

Mesmo que não haja nenhuma rachadura ou danos aparentes, não há como garantir que sua capacidade de proteção esteja intacta. 

Para os casos em que o capacete está com muitas complicações aparentes, ou seja, sem condições de uso, sua troca é absolutamente necessária. E, caso seja flagrado utilizando-o em trânsito, a punição é a mesma do que circular sem ele. 

Dica para evitar problemas

Saiba mais sobre o que diz a multa por não usar capacete ou usá-lo de maneira incorreta, bem como suas penalidades, nos próximos tópicos. 

Multa por não usar capacete  

O Art. 244 do CTB configura as penalidades por conduzir motocicleta, motoneta e ciclomotor de maneira indevida. 

Os incisos I e II dizem respeito à falta ou uso indevido dos equipamentos de segurança pelo piloto e seu passageiro, respectivamente. 

Portanto, não usar capacete ou usá-lo inadequadamente é infração de natureza gravíssima, isso significa que o número de pontos acrescentados à nova CNH (Carteira Nacional de Habilitação) são dez. Reduzindo o limite máximo, de 40 para 30. 

Dica de ouro

As penalidades e medidas administrativas, incluem: 

  • Multa de R$293,47;
  • Suspensão do direito de dirigir;
  • Retenção do veículo ao pátio do Detran (Departamento Estadual de Trânsito);
  • Recolhimento do documento de habilitação.

Já o inciso III, apesar de não dizer respeito ao tipo de capacete, faz menção a outra prática perigosa com a moto: “dirigir fazendo malabarismo ou equilibrando-se em apenas uma roda”. 

A multa por empinar moto também é gravíssima e apresenta as mesmas penalidades dos incisos I e II, além de representar grande perigo ao piloto e demais usuários da via. 

Segundo a Associação Brasileira de Medicina (AMB), as chances de um motociclista morrer no trânsito são 20 vezes maiores do que alguém em um carro. Infelizmente esse número sobe para 60 vezes quando o capacete não é utilizado. 

Dica de ouro

Quite as multas com o DOK Despachante 

No DOK Despachante, independentemente da multa recebida, você pode contar conosco para quitá-las da maneira mais prática possível. 

Aqui, lidamos com IPVA, licenciamento, dívida ativa e é claro, multas de trânsito. 

Você pode pagar os débitos em até 12x, usando ao mesmo tempo até 6 cartões diferentes. Há também a possibilidade de dar uma entrada no boleto e parcelar o restante no cartão de crédito. 

Venha conhecer nossos serviços! Estamos no: 

Dica de ouro

Conclusão 

Neste artigo, vimos que os capacetes são separados em tipos para atenderem necessidades distintas, mas que todos eles protegem (em mais ou menos intensidade) os motociclistas. 

Diferentemente do que muitos pensam, os capacetes não possuem exatamente uma data de validade, afinal, não são produtos perecíveis. 

Acontece que os fabricantes brasileiros recomendam um tempo máximo de uso contínuo (três a cinco anos). Entretanto, nem o CTB, nem os demais países adotam uma validade literal para estes produtos. 

A multa por pilotar sem capacete é gravíssima, gerando pagamento de R$293,47, suspensão do direito de dirigir, retenção do veículo ao pátio do Detran e recolhimento do documento de habilitação. 

Dica para evitar problemas

TAGS: capacete para moto esportiva/ capacete mais caro do mundo/ capacete brasil/ melhor capacete moto custo benefício


Perguntas frequentes sobre tipos de capacete

Como saber qual é meu capacete?

Independentemente do tipo de capacete escolhido, você deve medir com fita métrica, partindo do espaço entre a orelha e cabeça passando cerca de 1cm acima das sobrancelhas e da moleira (região curvada para cima da nuca).

Como deve ficar o capacete na cabeça?

O capacete deve estar firme entre as bochechas, sem balançar ao movimentar a cabeça de um lado para o outro. Além disso, todos os tipos de capacetes devem ter fivelas que se prendem na região da mandíbula, deixando espaço máximo de dois dedos entre a tira e o queixo.

É normal capacete novo ficar apertado?

Sim, é comum. Capacetes novos, assim como a maioria dos calçados, por exemplo, vão laceando conforme o uso. Pensando nisso, na hora de comprar o seu, é importante não escolher um capacete nem muito apertado, nem muito largo, mas sim do tamanho ideal para você e seu baú para moto.

Capacete coquinho é permitido?

Pela sua baixa eficácia em diminuir um impacto em potencial, este capacete não é permitido na pilotagem de motocicletas. Um tipo mais seguro, é o capacete fechado, que proporciona maior segurança da face e do crânio.



Posts relacionados