Gol sai de linha: saiba por que a Volkswagen encerrará a produção do carro

Por: Guilherme Dalbem

Publicado em 23 de junho de 2022 | Atualizado em 23 de junho de 2022

Capa de artigo Volkswagen Gol sai de linha | DOK Despachante

Olá, Condutor! Você sabia que há alguns meses, a Volkswagen anunciou que o Gol vai sair de linha? Você certamente já teve, pilotou ou andou em uma das inúmeras versões do modelo. Afinal, ele é um dos carros mais clássicos do Brasil.

A notícia é triste, mas como tributo, separamos as principais informações do Gol, sua história, principais gerações e os próximos passos da Volkswagen Brasil para substituir um dos seus carros mais icônicos. Ficou interessado? Acompanhe esse texto nostálgico e saiba tudo sobre o queridinho brasileiro!

Especial Gol sai de linha:
Ilustração - Projeto do primeiro Volkswagen Gol | DOK Despachante

Volkswagen Gol: o veículo mais vendido do Brasil

O Gol é um carro popular brasileiro que começou a ser produzido no país em 1983, e foi lançado para comercialização, no dia 8 de maio do mesmo ano. Inicialmente, o carro foi o substituto do Fusca, também da Volkswagen, que deixou de ser fabricado em 1996.

Segundo a própria Volkswagen, o Gol é o carro mais fabricado, comercializado, emplacado e exportado na história do Brasil. Dados da marca mostram inclusive que, considerando os modelos de 1983 até os de 2023, foram vendidos mais de 4 milhões de unidades do carro no mercado brasileiro. Vale ressaltar ainda, que o Gol foi o mais vendido do país por 27 anos consecutivos (de 1986 a 2013).

Quando o Gol sai de linha?

Primeiro, para contextualizar o assunto, o anúncio da despedida do Gol foi anunciado em 2021, pelo presidente da Volkswagen América do Sul, Pablo Di Si, em uma coletiva de imprensa da marca.

A principal justificativa para o encerramento na produção do modelo é a decisão da Volkswagen de iniciar uma nova fase, na qual não faz sentido seguir com modelos antigos. Além do Gol, o Voyage e a Saveiro também abandonarão o portfólio da alemã, que investirá mais de R$7 bilhões no desenvolvimento de modelos substitutos.

Foto de um rapaz segurando um documento DOK Despachante

Consultar

veículo pela placa
grátis

Por que o Gol vai sair de linha?

Mas afinal, por que o Volkswagen Gol vai sair de linha? Conforme comentado, a montadora acredita que o modelo não faz mais sentido para a marca pensando, principalmente, no futuro do mercado e nas tendências para os próximos anos, além de mudanças legislativas no setor automotivo brasileiro.

Gol sai de linha? Conheça os motivos:
1. Queda nas vendas e emplacamentos
2. Projeto antigo
3. Carro sem controle de estabilidade
4. Brasileiro não quer carro compacto
5. Gol já tem 40 anos de mercado
| DOK Despachante

Quer saber exatamente quais são os motivos para o Gol se despedir dos brasileiros? Leia os tópicos logo abaixo:

1 – Queda nas vendas e emplacamentos

O primeiro fator, e provavelmente, o mais decisivo na hora de bater o martelo sobre o Gol sair de linha, foi o número de vendas e emplacamentos do modelo.

Segundo dados da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (FENABRAVE), mesmo sendo o veículo mais vendido na história do Brasil, desde 2014, o Gol não ocupa mais o primeiro lugar de veículo mais emplacado no país. Aliás, de 2014 em diante, o veículo perdeu força continuamente quando comparado aos veículos concorrentes. Confira o infográfico:

Especial Gol sai de linha:
Infográfico - Histórico de emplacamentos do Gol | DOK Despachante

2 – Projeto antigo

Mesmo sofrendo reestilizações e mudanças estruturais, o Gol ainda é um modelo de projeto antigo e consequentemente, não compete com os líderes de mercado da atualidade.

Mas por que a Volkswagen não faz mais uma grande atualização no carro? Simples, pois caso a montadora optasse por acrescentar todos os desejos dos brasileiros no Gol, o mesmo aumentaria drasticamente de preço. O que não faz sentido, porque o carro é historicamente popular e dificilmente os brasileiros pagariam um valor alto para ter “apenas um Gol”.

3 – Carro sem controle de estabilidade

Outro motivo muito importante que fez a Volkswagen decidir que o Gol sai de linha (assim como o Voyage e a Saveiro) foi uma atualização no Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN), que prevê novas exigências na fabricação de veículos no Brasil.

Segundo a Resolução Nº 641 de 14/12/2016 do CONTRAN, que tem por objetivo “aperfeiçoar e atualizar os requisitos de segurança para os veículos automotores nacionais e importados”, estabelece como obrigatória a instalação do Sistema de Controle de Estabilidade em todos os automóveis fabricados a partir de 2023.

Desse modo, caso a Volkswagen decidisse seguir a nova norma do órgão, ela precisaria mudar estruturalmente o Gol, deixando a sua fabricação muito mais cara do que é e tornando-o inviável para o mercado nacional.

4 – Brasileiro não quer carro compacto

O Gol, desde o início da sua produção, sempre foi projetado para ser um carro compacto. Principalmente porque seu projeto é popular e visa atender às grandes massas brasileiras. Porém, o comportamento do comprador de carros mudou nas últimas décadas.

Há alguns anos, o brasileiro tem preferido carros SUV – mesmo que compactos – como o Renault Kwid, por exemplo, que apesar de ser um hatch, sua estrutura lembra a de um SUV. Logo, por mais que o Gol possua um espaço na memória afetiva dos condutores, não é mais um veículo que desperta muito desejo.

5 – Gol já tem 40 anos no mercado

Ainda que o modelo seja importante para a história brasileira, é inegável que nos últimos anos, o carro não tem mais a mesma notoriedade, prova disso são as estatísticas citadas acima. Tornando um dos motivos que o Gol sai de linha.

Contudo, assim como o seu irmão mais velho, o Fusca, que foi fabricado por 30 anos no Brasil, é provável que a Volkswagen reserve o mesmo destino ao Gol. Afinal, deixar de fabricar o carro não apagará a sua história, mas sim possibilitará que ele não acumule mais fracassos nas vendas de mercado.


Confira mais curiosidades sobre o mundo veicular

Que o Gol sai de linha ano que vem você já sabe. Agora, você gosta de textos desse tipo de assunto e quer descobrir mais conteúdos parecidos? Confira várias curiosidades sobre carros históricos, de filmes ou até dicas que podem te ajudar no dia a dia, no blog do DOK:


Geração Gol: conheça todos os modelos

Em quase 40 anos de fabricação do Gol, a Volkswagen produziu oito diferentes gerações do carro. Cada um com as suas particularidades e especificações. Quer saber mais sobre a história do carro e conferir cada uma das versões? Confira abaixo:

Especial Gol sai de linha:
Infográfico - Gerações do Volkswagen Gol
- G1 de 1980 a 1994
- G2 de 1994 a 1999
- G3 de 1999 a 2005
- G4 de 2005 a 2008
- G5 de 2008 a 2012
- G6 de 2012 a 2016
- G7 de 2016 a 2018
- G8 de 2018 a 2023
| DOK Despachante

Gol geração 1

Conforme mencionado, a primeira geração do Gol nasceu em 1983, com um grande lançamento da Volkswagen, que prometia substituir o modelo mais emblemático da montadora: o Fusca.

A estratégia usada pela alemã foi trazer conceitos de inovação e tecnologia no Gol – que ainda não haviam sido exploradas no mercado de automóveis do Brasil. As maiores inspirações da versão original do carro foram os “primos mais velhos” da Volkswagen, o Polo e o Scirocco (modelo exclusivamente europeu).

Gol G1 de 1980 a 1996

Alcançando os seus objetivos, a Volkswagen conquistou o sucesso esperado com o Gol logo de cara. Assim que foi anunciado, as propagandas televisivas referiam-se ao modelo como “o carro com perfeita autonomia em todos os detalhes”, “o carro do futuro” e, principalmente, como “o carro dos novos tempos”.

Volkswagen Gol G1 | Modelo cinza 1983 | DOK Despachante
Motorização1.0 i, 1.6 e 1.8
CombustívelGasolina
Potência (cv)49
Torque (kgf.m)7 kgf.m
Velocidade Máxima (km/h)144 km/h
Tempo 0-100 (s)18 s
Consumo cidade (km/l)12,8 km/l (gasolina)
Consumo estrada (km/l)15,2 km/l (gasolina)

As apostas da concessionária deram certo e o sucessor do Fusca agradou o público. Principalmente porque as expectativas eram de que o veículo apresentasse qualidade e manutenção fácil como o  “besouro”.

Com o passar dos anos, o carro foi apelidado de “Gol Quadrado” graças ao seu design da época. Além disso, o Gol G1 recebeu atualizações em 1984, 1987 e 1991, e foi fabricado até 1996 no Brasil.

Gol geração 2

Depois do sucesso do Gol no mercado nacional, a Volkswagen sentiu a necessidade de inovar e resolveu lançar a próxima geração do carro em 1995. Trazendo um design bem diferente da versão anterior – a primeira grande reestilização do modelo – o Gol passou a ter componentes muito mais arredondados. Por isso, foi carinhosamente apelidado de “Gol Bolinha”.

A nova geração do Gol contou com três versões principais: o G2, o G3 e o G4. Continue lendo e descubra mais sobre cada um deles e como se diferenciam do antigo “quadrado”.

Gol G2 de 1994 a 1999

A primeira versão do Gol Bolinha foi lançada em 1994 e ficou conhecida como tal, por ser muito diferente em comparação ao seu irmão mais velho. A mudança no design e na arquitetura do carro (11cm extras na distância entre eixos), permitiu que o Gol G2 tivesse muito mais espaço interno e uma cabine nova. Possibilitando assim, maior conforto e segurança para o motorista e passageiros.

Volkswagen Gol G2 | Modelo verde 1999 - DOK Despachante
Motorização1.0
CombustívelGasolina e etanol
Potência (cv)61
Torque (kgf.m)9,7 / 4.500
Velocidade Máxima (km/h)150 km/h
Tempo 0-100 (s)16,3 s
Consumo cidade (km/l)13 km/l (gasolina)
Consumo estrada (km/l)17,2 km/l (gasolina)

O Gol G2 consolidou ainda mais popularidade do que a primeira geração do modelo. Dessa forma, se tornou um clássico brasileiro que ficou para a história. As principais versões do carro foram:

  • Volkswagen Gol G2 1000; 
  • Gol G2 TSi;
  • Volkswagen Gol G2 GTI;
  • Gol G2 GTI 16V;
  • E as séries especiais: Gol Rolling Stones, Gol Atlanta e Gol Star.

A segunda linha do Gol foi fabricada e comercializada no Brasil até 1999, quando o seu sucessor, o G3, assumiu o posto e virou o foco da Volkswagen.

Gol G3 de 1999 a 2003

Diferentemente da atualização entre as versões anteriores, o Gol G3 não sofreu tantas mudanças quando comparado com o seu antecessor. As principais alterações sofridas foram feitas no design do modelo, excluindo reformas na estrutura. Logo, a nova versão foi considerada apenas uma pequena reestilização.

Volkswagen Gol G3 | Modelo prata 2004 - DOK Despachante
Motorização1.0, 1.6, 1.8 e 2.0
CombustívelGasolina e álcool
Potência (cv)145
Torque (kgf.m)8,6 kgfm a 3.500 rpm
Velocidade Máxima (km/h)192 km/h
Tempo 0-100 (s)9,5 s
Consumo cidade (km/l)13,4 km/l (gasolina)
Consumo estrada (km/l)17,4 km/l (gasolina)

A principal mudança que aconteceu na terceira fase do Gol foi o lançamento das versões flex, que podem ser abastecidas com gasolina ou etanol. Algumas modelos do carro foram:

  • Volkswagen Gol G3 1.0 8V;
  • Gol G3 1.0 16V;
  • Volkswagen Gol G3 1.0 16V Turbo;
  • Gol G3 1.6 gasolina;
  • Volkswagen Gol G3 1.6 álcool;
  • Gol G3 1.8;
  • Volkswagen Gol G3 GTI 2.0 16V;
  • Gol G3 1.0 Fun;
  • Volkswagen Gol G3 1.0 Highway;
  • Gol G3 1.0 Sport;
  • Volkswagen Gol G3 Série Ouro.

O Gol G3 é considerado por muitos, a melhor geração do carro, isso porque, pela terceira vez consecutiva, a Volkswagen conseguiu inovar, acrescentar melhorias para o modelo, aumentar o seu desempenho e mantê-lo ainda mais atraente. Sem falar das várias possibilidades de motorização e pacote originais (Básico, Luxo, Conforto e Estilo) oferecidos pela montadora.

Gol G4 de 2005 a 2008

A quarta geração do carro mais vendido do Brasil chegou ao mercado nacional em 2005. A estilização do Gol 4 não era muito diferente do seu antecessor. Isso aconteceu por um simples motivo: a Volkswagen optou por focar em inovações tecnológicas e mecânicas para o modelo, e não em apresentar um carro com uma nova configuração. Afinal, o seu desempenho estava ótimo nos anos anteriores e a montadora não quis arriscar muito.

Volkswagen Gol G4 | Modelo vermelho 2006 - DOK Despachante
Motorização1.0, 1.6, 1.8 e 2.0
CombustívelGasolina e álcool
Potência (cv)71
Torque (kgf.m)9,69 kgfm
Velocidade Máxima (km/h)153 km/h
Tempo 0-100 (s)10 s
Consumo cidade (km/l)9,5 km/l (gasolina)
Consumo estrada (km/l)16,9 km/l (gasolina)

Com o novo foco, a Volkswagen deixou o novo Gol mais personalizável. Por isso, na época, era possível que os compradores tivessem diversas opções de acessórios que eram vendidos à parte e originais de fábrica.

As principais vantagens competitivas oferecidas pelo Gol G4 quando comparado com os seus concorrentes eram:

  • Único carro de entrada no Brasil com três anos de garantia integral para motor e câmbio;
  • Possibilidade de diagnóstico eletrônico completo;
  • Velocidade máxima mais alta da categoria (entre os veículos 1.0);
  • Maior tanque de combustível da categoria.

Gol geração 3

Pela terceira vez na história do Gol, a Volkswagen fez uma grande mudança no design e na estrutura do carro, que deu origem à Geração 3 do Gol. Mesmo seguindo o formato arredondado, a reformulação no automóvel foi uma das maiores, desde a década de 80.

O “Novo Gol”, como foi chamado na época, chegou no mercado nacional em 2008 e carregava muito mais sofisticação e tecnologia. Basicamente, o carro nem parecia mais um carro de entrada.

Gol G5 de 2008 a 2012

Lançado em junho de 2008, o G5 foi a primeira versão da última geração do Gol. Isso porque, a Volkswagen buscou proporcionar ainda mais inovação ao modelo, para que ele continuasse sendo o queridinho do Brasil e caísse no gosto do povo, que buscava carros mais modernos.

Volkswagen Gol G5 | Modelo cinza 2009 - DOK Despachante
Motorização1.0 e 1.6
CombustívelGasolina e etanol
Potência (cv)101
Torque (kgf.m)15,4 / 2.500
Velocidade Máxima (km/h)190 km/h
Tempo 0-100 (s)10,7
Consumo cidade (km/l)14,1 km/l (gasolina)
Consumo estrada (km/l)18,6 km/l (gasolina)

A principal mudança no Gol G5 foi a adoção de uma nova plataforma na sua estrutura (a mesma usada nos modelos Fox e Polo da alemã), que por consequência, também possibilitou que o carro utilizasse o motor em posição transversal, encurtando a sua frente. Outra informação interessante sobre o Gol é que a sua quinta versão foi a última a alcançar sucesso de vendas do início ao fim.

Gol G6 – 2012 a 2016

A informação mais importante sobre o G6 é que ele foi a primeira versão do Gol com problemas nas vendas e superado por outros modelos concorrentes. Perdeu o posto consecutivo de carro mais vendido do país por 27 vezes seguidas (de 1986 a 2013). Será que foi então que a montadora começou a pensar no futuro: o Gol sai de linha?

Em 2014, o G6 foi superado no número de emplacamentos pelo Palio (modelo da Fiat que competia com Gol, mas nunca conseguiu muito êxito). De 2015 em diante, o líder de mercado tem sido o Onix (GM).

Gol sai de linha: G6 foi o primeiro a perder o posto de carro mais vendido do país | Modelo branco 2016 - DOK Despachante
Motorização1.0 e 1.6
CombustívelGasolina e etanol
Potência (cv)72
Torque (kgf.m)9,7 kgfm / 3.850 rpm
Velocidade Máxima (km/h)163 km/h
Tempo 0-100 (s)13,4s
Consumo cidade (km/l)14,5 km/l (gasolina)
Consumo estrada (km/l)12 km/l (gasolina)

Especificamente sobre a atualização em questão, o estilo exterior do Gol foi conservado. O foco da vez foi o interior do carro, o painel foi completamente remodelado e ganhou uma central multimídia, que na época era usada apenas nos modelos mais caros.

Gol G7 – 2016 a 2018

Tentando recuperar a popularidade dos seus modelos mais antigos, a Volkswagen investiu mais uma vez na integração de sistemas tecnológicos e lançou o G7, em 2016. Implementou na sétima versão do Gol, uma central de mídia mais responsiva e sensível ao toque, além de um sistema de áudio conectado que aceitava CD, rádios AM e FM, entrada auxiliar, bluetooth e cartão SD.

Volkswagen Gol G7 | Modelo prata 2017 - DOK Despachante
Motorização1.0 e 1.6
CombustívelGasolina e etanol
Potência (cv)75
Torque (kgf.m)9,7 kgfm
Velocidade Máxima (km/h)
Tempo 0-100 (s)
Consumo cidade (km/l)
Consumo estrada (km/l)

As poucas novidades no G7 não foram o suficiente para fazer o Gol voltar ao gosto do público e consequentemente, o seu desempenho de vendas não foi um dos melhores do modelo. Contudo, é interessante lembrar que o carro contou com várias versões, algumas delas sendo:

  • Volkswagen Gol Trendline 1.0 duas portas;
  • Gol Trendline 1.0 quatro portas;
  • Volkswagen Gol Trendline 1.6;
  • Gol Comfortline 1.0;
  • Volkswagen Gol Comfortline 1.6;
  • Gol Comfortline 1.6 i-Motion;
  • Volkswagen Gol Highline 1.6;
  • Gol Highline 1.6 i-Motion;
  • Volkswagen Gol Track 1.0.

Gol G8 – 2018 a 2023

A última versão do Gol chegou ao mercado em agosto de 2018, e ficou conhecida como Gol G8. Assim como nas últimas atualizações do modelo, esse em questão, praticamente não sofreu alterações no design, quando comparado ao seu antecessor.

As principais diferenças foram a possibilidade de ter um câmbio automático – jamais visto num Gol antes – e a extinção do modelo de fabricação com duas portas, apenas versões com quatro foram vendidas.

Volkswagen Gol G8 | Modelo branco 2019 - DOK Despachante
Motorização1.0 e 1.6
CombustívelÁlcool e gasolina
Potência (cv)82
Torque (kgf.m)10,4 kgfm
Velocidade Máxima (km/h)170
Tempo 0-100 (s)12,3s (Gasolina)
Consumo cidade (km/l)12,9 km/l (gasolina)
Consumo estrada (km/l)14,5 km/l (gasolina)

O G8 é a última versão do Gol, isso porque, conforme mencionado, em 2021, a Volkswagen anunciou o fim da produção do carro nas fábricas brasileiras. Mas afinal, o Gol vai deixar de existir mesmo e nunca mais será fabricado? Bem, existem algumas especulações, leia mais abaixo e entenda quais são as possibilidades.

Gol sai de linha: qual é o futuro do carro?

A primeira coisa a lembrar é que não existem informações oficiais sobre o futuro do carro além da decisão de que a linha será descontinuada no Brasil. Contudo, algumas pessoas questionam se o Gol sai de linha, de fato, ou se a montadora quer impactar os compradores.

Mas de forma geral, existem duas opções mais viáveis, que são:

  • A Volkswagen fará uma grande reformulação geral no Gol, onde o veículo será projetado do zero para se adequar às atuais necessidades do mercado, em mais uma nova geração Gol, com estrutura, estilo e design completamente diferentes;
  • Já a segunda possibilidade é que o Gol sairá de linha de vez e será substituído por um novo modelo – jamais visto no mercado nacional – que atenda melhor os desejos do brasileiro com relação às suas expectativas para um carro.

A verdade é que o Gol é um carro histórico e isso não deixa dúvidas. Líder de mercado por 27 vezes consecutivas, 40 anos de fabricação, mais de 4 milhões de unidades vendidas e centenas de prêmios acumulados. O carro definitivamente será lembrado pelas próximas décadas com muito carinho e respeito.

E por mais que não seja mais fabricado no Brasil, nada impede que o brasileiro mantenha um carinho enorme pelo automóvel, compre versões anteriores e continue usando-o no seu dia a dia, assim como muitos fazem com o Fusca até hoje.

Gol sai de linha após 40 anos de mercado: ainda é necessário pagar o IPVA?

O IPVA (Imposto Sobre Propriedade de Veículos Automotores) é um tributo que deve ser pago anualmente por todos os proprietários de veículos terrestres cadastrados no Sistema Nacional de Trânsito (SENATRAN). Contudo, em alguns casos, é possível que o dono seja isento do pagamento.

Uma das condições que possibilitam o benefício é ter veículos antigos. A idade que prevê o direito à isenção de IPVA muda conforme o estado, mas na maioria dos casos, se você tiver um Gol ou qualquer outro carro com 20 anos ou mais de fabricação, já é possível se isentar do imposto.

Mas se você tiver um carro mais novo que isso e quer pagar o seu IPVA de forma facilitada, basta acesar o site do DOK Despachate e fazer a consulta de IPVA grátis. Com o nosso sistema é possível pagar os débitos veiculares em até 12x no cartão de crédito.

Conclusão

Fabricado desde 1983, o Gol – um dos carros mais marcantes da história brasileira – está presente nas estradas há praticamente 40 anos. O modelo caiu no gosto do povo diversas vezes, em diferentes versões e gerações, totalizando em oito. Mas você sabia que no próximo ano o Gol sai de linha?

Contudo, mesmo sendo amado e respeitado, a Volkswagen decidiu descontinuar o modelo em 2021, com a justificativa de que o carro não é mais vendido como antes, que os brasileiros buscam características que divergem da proposta do Gol e, principalmente, que não faz mais sentido trabalhar com um modelo tão antigo e nostálgico.

Até o momento, não se sabe ao certo sobre o futuro do Gol, mas é muito provável que o carro seja de fato extinto e substituído por outro modelo de lançamento futuro da montadora.

TAGS: volkswagen gol preço / volkswagen gol quadrado / gol geração 4 / gol geração 5 / gol geração 6 / gol geração 7 / gol geração 8 /volkswagen gol antigo



Posts relacionados