Como consultar multas online?

como consultar multas

O DOK Despachante online tem como objetivo facilitar a vida dos condutores graças à praticidade de se ter o documento renovado e livre de multas. Tudo isso pode ser solicitado e realizado através de nosso site.

De forma online e muito rápida, você consegue se livrar das dívidas veiculares recorrentes. Além de poder realizar o licenciamento do seu veículo, também consegue consultar multas online pela placa de uma maneira bem mais prática e, o melhor, de forma gratuita.

Se você tem interesse no assunto e quer saber mais, continue lendo este artigo. Nos tópicos a seguir, descubra como consultar multas online e não ser mais prejudicado.

  • Para que servem as autuações?
  • Como funciona a cobrança de multas e quais são
  • Consultar multas online e outros débitos
  • Consultar multas online pelo site do Detran
  • Como pagar depois de consultar multas online

Para que servem as autuações?

Autuações ou as famosas multas foram criadas para punir as infrações dos condutores. Dessa forma, os órgãos de trânsito buscam diminuir as transgressões, que podem colocar em risco a vida do motorista e das demais pessoas a sua volta.

As multas são válidas e, por isso, devem ser pagas. Afinal, as pessoas que têm carteira de motoristas fizeram autoescola, onde passaram por aulas teóricas, assim, foram ensinadas previamente sobre quais são as infrações de trânsito.

Da mesma forma, aprenderam que são responsáveis pelas suas atitudes no trânsito. Além disso, as autoescolas ensinam a respeito das leis de trânsito e a como conduzir um veículo com segurança, tanto a sua própria quanto a dos demais envolvidos no trânsito.

Responsabilidade dos motoristas no trânsito

Essas pessoas também realizam prova teórica e prática, que as capacitam para dirigir e, assim, recebem a sua CNH – Carteira Nacional de Habilitação. Claro, somente àquelas que demonstram cuidado e as habilidades necessárias na hora de trafegar nas ruas.

Por consequência, então, o indivíduo demonstra que pode ser responsabilizado por eventuais infrações. Portanto, o objetivo dessas leis, ensinadas nos cursos de formação, é estabelecer condutas que priorizam a paz no trânsito.

Ou seja, que o tráfego funcione da melhor maneira possível, evitando ao máximo os acidentes e promovendo um trânsito mais seguro. Mas, quando isso não é posto em prática, a penalidade é a multa que você recebe.

Em geral, decorrente de uma autuação, sendo que a mesma já tem um valor previamente estipulado pelos órgãos competentes.

Como funciona a cobrança de multas e quais são

Cada Detran estadual possui os seus procedimentos quando o assunto é cobrança de multa. No entanto, o mais comum é que, depois de alguns dias que o condutor cometeu a infração, chegue no endereço do proprietário do veículo uma correspondência.

Esse documento, inicialmente, é apenas um aviso sobre a multa e, por isso, apresenta todos os detalhes da infração. Entre elas, qual foi a transgressão cometida, em que data, horário e local. O dono do veículo, ainda, não precisa pagar pela multa.

Isso porque, depois que o aviso é entregue ao proprietário do veículo, há um período, previsto em lei, para que ele possa recorrer. Esse procedimento pode ser feito quando a multa não condiz com a realidade, nesse caso, a mesma pode ser anulada.

Para tanto, é preciso que a pessoa junte provas para mostrar o erro. Caso o dono do veículo não era quem estava dirigindo no momento em que a infração ocorreu, ele pode transferir os pontos para a carteira de motorista do condutor infrator.

Nesse caso, ambos devem preencher um formulário, que pode ser encontrado no site do Detran do seu estado, preenchido e entregue no órgão.

No entanto, essa possibilidade depende de cada caso, pois algumas infrações podem ser causadas pelo estado do veículo e não pela forma como o motorista estava dirigindo. Já o valor da multa deve ser pago pelo dono do carro, caso não recorra ou não consiga provar o erro.

Quando pagar a multa

Normalmente, entre a data em que se recebe a multa no endereço associado ao registro do veículo e o prazo final para recorrer, passa mais de um mês. Se nada for feito, na sequência, o proprietário recebe uma nova correspondência, com o boleto para pagar a multa.

Em alguns estados, o Detran possui parcerias com os bancos que atuam na região, sendo possível realizar o pagamento diretamente pelo site desses bancos. Além disso, alguns órgãos oferecem um desconto para as pessoas que quitarem a dívida com antecedência.

Por isso, o melhor é não deixar as multas pendentes, não só para aproveitar os descontos, como também para não causar outros problemas. Afinal, quando multas não são pagas, em alguns estados, o motorista pode não conseguir renovar o seu licenciamento anual.

Sem isso, não recebe o novo documento e, se for parado em uma blitz, por exemplo, pode ser multado e até mesmo ter o seu carro, moto ou outro veículo apreendido pelo atraso na renovação do licenciamento.

Esse documento é muito importante, funcionando como uma licença para dirigir e, por isso, sempre deve estar junto ao condutor do veículo. De qualquer forma, a partir do momento que você não paga as multas associadas ao seu veículo, muita dor de cabeça pode começar.

Então, o melhor é consultar multas online e quitá-las. Se você não possui o valor total para isso, pode buscar os serviços do DOK Despachante online, que ajuda a eliminar todas as pendências financeiras do seu veículo.

Quais são as multas existentes

As multas são divididas em quatro níveis, que variam de acordo com a sua gravidade. Veja quais são elas a seguir, bem como quantos pontos somam a sua carteira de motorista e quais são os seus valores atuais:

Gravidade          Pontos         Valores

Leve                     3                    R$ 88,38

Média                  4                    R$ 130,16

Grave                  5                    R$ 195,23

Gravíssima         7                    R$ 293,47

Multas leves

Veja alguns exemplos:

  • Dirigir sem os documentos obrigatórios;
  • Conduzir sem os cuidados necessários à segurança;
  • Conduzir ameaçando quem estiver na via pública;
  • Utilizar buzina de maneira prolongada;
  • Estacionar longe da guia de 50 cm a 1 metro;
  • Estacionar em desacordo com a regulamentação vigente;
  • Estacionar em vagas exclusivas de carga e descarga;
  • Parar em lugares proibidos, como calçada e faixa de pedestres;
  • Realizar consertos em vias locais;
  • Utilizar farol alto em vias com iluminação pública.

Multas médias

Veja alguns exemplos:

  • Dirigir veículo com defeito no sistema de sinalização, iluminação ou com problemas nas lâmpadas;
  • Conduzir em velocidade até 20% acima do limite permitido para o local;
  • Dirigir com o veículo em velocidade inferior à metade da velocidade máxima estabelecida para a via;
  • Jogar para fora do veículo ou abandonar na via quaisquer substâncias e objetos;
  • Não guardar a distância lateral de 1,5 metros ao passar por uma bicicleta;
  • Parar o veículo em túneis, pontes e viadutos;
  • Deixar veículo parado na via por falta de combustível;
  • Estacionar veículo nas esquinas e a menos de 5 metros da esquina;
  • Estacionar veículo junto ou sobre registro de água, tampas de poços de visita de galerias subterrâneas e hidrantes de incêndio, caso estejam identificados;
  • Estacionar o veículo de forma que impeça a movimentação de outro veículo;
  • Estacionar o veículo na contramão da direção;
  • Estacionar o veículo em horários e locais proibidos por meio de sinalização.

Multas graves

Veja alguns exemplos:

  • Motorista ou passageiro sem cinto de segurança;
  • Não prestar socorro à vítima de acidente de trânsito;
  • Não dar preferência ao pedestre quando ele já tiver começado a travessia;
  • Não diminuir a velocidade em caso de ventos fortes, chuva, cerração ou neblina;
  • Dirigir com o farol desregulado ou com o facho de luz alto de modo que atrapalhe a visão dos demais motoristas;
  • Conduzir com velocidade superior ao limite entre 20% e 50%.
  • Converter à direita ou à esquerda em lugares proibidos sinalizados;
  • Dirigir veículo com vidros total ou parcialmente cobertos por pinturas, adesivos ou películas refletivas.

Multas gravíssimas

  • Conduzir veículo com numeração falsa do chassi;
  • Conduzir sem ter carteira de motorista;
  • Transportar crianças menores de sete anos em motos;
  • Dirigir levando pessoas de modo irregular no veículo;
  • Negar identificação para a polícia em caso de acidente;
  • Conduzir sob efeito de álcool.

Consultar multas online e outros débitos

Com o mercado de automóveis, cada vez mais, aquecido, comprar um veículo usado, vender e adquirir, através de leilões são práticas que estão em alta. Com isso, é comum que surja a dúvida sobre a procedência do veículo adquirido.

Desse modo, é de extrema necessidade que o próprio comprador verifique as informações sobre o bem adquirido. Além disso, é aconselhado que ele tenha uma garantia ou, ao menos, que conheça as dívidas que o automóvel possui.

Com isso, consegue-se evitar possíveis problemas futuros. Se você está procurando, comprando ou negociando um carro, moto ou outro veículo, saiba que o DOK Despachante online pode ajudar nessa hora.

Através da sua plataforma, é possível consultar multas online, dívidas antigas, se o carro está inserido na dívida ativa, valores de cada pendência e muito mais.

Para fazer a consulta de multas e outros débitos referentes ao veículo, basta ter em mãos a placa do veículo ou o Renavam do mesmo.

Acessando o site do DOK Despachante online, você tem acesso a campos, que devem ser preenchidos de acordo com as informações solicitadas. Entre eles, o seu nome, e-mail e também a placa do veículo.

Ao fazer isso, é possível checar as mais diversas informações a respeito do automóvel em questão. É fácil, rápido e seguro.

Consultar multas online pelo site do Detran

O Detran – Departamento Nacional de Trânsito é o órgão estadual responsável pela administração do trânsito brasileiro. Em seu site, você consegue consultar multas online pela placa ou pelo Renavam do veículo.

Já que cada estado brasileiro conta com o seu próprio Detran, os seus sites são diferentes, não seguem um padrão. Mas se assemelham bastante e oferecem vários tipos de serviços online.

No entanto, antes de fazer a consulta de multas online pelo Detran, você precisa saber em qual estado o veículo está registrado.

Assim que souber essa informação, basta acessar o site do Detran, referente ao estado, e clicar na opção de consultas de veículos. Por fim, você precisa informar os dados pedidos.

Normalmente, o Renavam e a placa são requisitados. Depois disso, você consegue checar todos os débitos do veículo.

No entanto, essa é uma opção mais complicada e menos simples de ser realizada, uma vez que, em geral, os sites do Detran possuem excesso de informação e são pouco intuitivos.

Desse modo, esses portais consomem mais tempo do que o necessário para realizar uma simples ação, como a de fazer uma simples consulta.

Como pagar depois de consultar multas online

Hoje em dia, já é possível realizar o pagamento de multas e outros débitos do veículo de forma online, no entanto, é necessário que você verifique por onde vai fazer esse procedimento.

Vamos explicar: caso você se encaminhe a um posto de atendimento do Detran do seu estado, é necessário fazer o pagamento de todo o valor de uma só vez, através do boleto bancário.

Claro, essa é uma boa opção para quem possui esse montante e se planejou para eventuais multas, que podem ocorrer a quem conduz veículos. No entanto, há outras maneiras.

No DOK Despachante online, por exemplo, é possível fazer o pagamento dos valores parcelando no cartão de crédito em até 12 vezes. E, o melhor, você tem a opção de usar até 6 cartões diferentes para realizar o pagamento.

Vantagens do DOK Despachante online

Há também a opção de boleto e a opção de boleto mais cartão. Tudo isso para facilitar o pagamento dos seus débitos de forma prática e o mais rápido possível. Não existe necessidade de adiamento, o que poderia acarretar em possíveis esquecimentos e dores de cabeça.

Clique aqui (link) e aproveite para conhecer todos os serviços que o DOK oferece para você.

Além de conseguir fazer o pagamento parcelado, é possível acessar muitos outros serviços. Entre eles, empréstimos, seguros para o seu carro, moto ou outro veículo e, ainda, você aprende a como obter a isenção de IPVA.

Faça o seu licenciamento 2020, totalmente online sem perder tempo tendo que se deslocar para um endereço físico. Com o DOK Despachante online, você resolve todas as suas pendências e se previne para o futuro do conforto da sua casa ou escritório.

Perguntas Frequentes

Consultar multas
É possível fazer a consulta de multas de qualquer estado do Brasil através do site do Detran do seu estado. Para quem é do estado de São Paulo o DOK Despachante, além de você consultar, é possível parcelar todos os débitos veiculares.
Consultar multas Detran
  • Acesse o site do Detran: http://www.detran.sp.gov.br/.
  • Clique na opção: “Veículos”.
  • Clique em: “Débitos, restrições e vistorias”.
  • Clique em: “Veículo de terceiros – débitos, restrições e vistorias”.
  • Na página seguinte, clique em “Débitos, restrições e vistorias”.
  • Preencha com os números de placa e Renavam do veículo.
  • Confirme não ser um robô.
  • Clique em “avançar”.
Multas PRF
A Polícia Rodoviária Federal é responsável por fiscalizar as rodovias federais, as famosas BRs. As multas concedidas pela PRF, podem ser consultadas no portal da PRF e também no site do DOK Despachante.
Multas SP
As multas do estado de São Paulo podem ser verificadas no site do Detran do estado. O DOK Despachante também disponibiliza todas as multas e débitos veiculares em seu próprio site, só fazer a consulta gratuitamente com placa ou Renavam do veículo
Multas de trânsito
Multas de trânsito é a maneira encontrada para educar e punir o motorista que não cumprir as leis de trânsito, elas podem ser leves, médias graves ou gravíssimas e também é passível a multiplicação do valor a ser pago.
Posts relacionados
Detran Nada Consta
Detran Nada Consta

Existem vários termos e serviços diferentes ligados ao trânsito e muitas vezes o motorista não sabe muito bem o que […]

Leia mais…