Motor de arranque: guia completo sobre o componente

Por: Redator DOK

Publicado em 08 de dezembro de 2023 | Atualizado em 08 de dezembro de 2023

Capa Artigo Motor de arranque guia completo sobre o componente | DOK

Salve, Motorista! Você já se perguntou como o seu carro começa a funcionar logo após girar a chave de ignição? A resposta para essa pergunta é o motor de arranque. 

Essa é uma das peças fundamentais para o funcionamento do veículo, garantindo que o automotor ligue normalmente, mesmo diante de variadas situações climáticas e do estado do motor, fornecendo a energia necessária para começar a combustão.

Por isso, vamos te mostrar todos os detalhes sobre esse processo, mostrando a importância desse item para o seu veículo. 

Quer saber mais sobre o motor de arranque? Então, acompanhe este artigo até o fim e tire todas as dúvidas sobre o tema. O DOK está aqui para te ajudar!

ipva 2024

O que é motor de arranque?

A ideia é simples de entender. Quando você gira a chave, o motor de arranque entra em cena, enviando uma carga elétrica para o motor do seu veículo, proporcionando o impulso para começar o ciclo de combustão.

Sendo assim, sem o motor de arranque, seu carro fica na inércia (sem capacidade de se movimentar). Portanto, é fundamental entender mais sobre o tema para que você possa amenizar algum problema relacionado a essa peça.

Onde fica o motor de arranque?

Geralmente, essa peça fica embaixo do motor, mais ou menos do lado do câmbio (próximo à transmissão). Então, se quiser dar uma conferida nessa peça, dê uma olhada na parte inferior do seu veículo.

Para facilitar a localização do motor de arranque, recomendamos que preste atenção nos lugares onde há manchas de óleo ou sujeira ao redor da área, porque isso pode indicar o local da peça.

Como testar o motor de arranque do veículo?

Entender como testar o motor de arranque do seu carro pode poupar dores de cabeça e evitar imprevistos. Para fazer essa verificação, siga as orientações abaixo:

  • Certifique-se de que a bateria do veículo está carregada;
  • Em seguida, com o veículo em ponto morto e o freio de mão acionado, gire a chave de ignição;
  • Feito isso, preste atenção no som emitido e faça também uma análise visual da peça. Vamos explicar a relação entre o barulho e a aparência nos próximos parágrafos. Acompanhe e fique por dentro.

O que o som indica no funcionamento do motor de arranque?

Motorista, sabia que existem algumas pistas sonoras que podem indicar se o motor de arranque do seu veículo está funcionando corretamente? Para te ajudar, separamos algumas delas, confira:

  • Som “nítido”: se você ouvir um clique nítido durante a tentativa de partida, isso pode indicar que o solenoide (componente do motor de arranque) está funcionando, mas o motor pode estar com problemas.
  • Ausência ou som fraco: se não houver som ou se ouvir um som fraco, isso pode sinalizar um problema no motor de arranque ou na bateria.
  • Som “consistente”: quando você gira a chave de ignição e ouve um som consistente, isso pode indicar que o motor de arranque está funcionando corretamente. Esse barulho significa que a peça está engatando com o volante do motor da maneira ideal, dando início ao arranque.
Infográfico sobre o que o som indica no funcionamento do motor de arranque | DOK
Infográfico elaborado por Bruna Florentino | DOK

O que a aparência representa no funcionamento do motor de arranque?

Enquanto o som tem um papel crucial na avaliação do motor de arranque, a aparência visual também pode fornecer algumas pistas importantes sobre o seu funcionamento.

  • Cabos e conexões: portanto, é importante observar os cabos e conexões, vendo se apresentam sinais de corrosão, desgaste excessivo ou fios soltos, tendo em vista que isso tudo pode interferir na eficácia do componente.
  • Carcaça: dê uma olhada na carcaça do motor de arranque. Se houver rachaduras, danos visíveis ou sinais de superaquecimento, é um sinal de alerta; pois os danos causados nessa área também podem comprometer o desempenho da peça.

Saiba mais curiosidades

Ei, Motorista! Se você chegou até aqui, achamos que também vai precisar saber disso. Confira:


Teste elétrico no motor de arranque: para que serve?

O teste elétrico no motor de arranque é uma prática essencial para garantir o bom funcionamento do sistema elétrico do veículo. Ele é realizado para avaliar a eficiência do motor de arranque em receber e transmitir a corrente elétrica necessária para iniciar o motor.

Quem pode fazer o teste elétrico?

O teste elétrico no motor de arranque pode ser realizado tanto por profissionais quanto pelos proprietários do veículo, dependendo do conhecimento e das habilidades técnicas de cada pessoa.

Como fazer o teste elétrico?

  • Verifique a bateria:
    Antes de tudo, certifique-se de que a bateria do veículo está totalmente carregada. Isso porque um motor de arranque saudável depende de uma fonte de energia adequada.
  • Conecte o voltímetro:
    Utilize um voltímetro (instrumento de medição elétrica) para medir a tensão no motor de arranque durante a partida. Conecte o item aos terminais do motor de arranque, observando se a voltagem está dentro das especificações do fabricante.
  • Analise a queda de tensão:
    Durante a tentativa de partida, observe se há uma queda significativa na tensão. Uma queda excessiva pode indicar problemas no motor de arranque, como desgaste dos contatos ou problemas no solenoide.
  • Verifique a corrente:
    Além da voltagem, é importante medir a corrente que o motor de arranque está consumindo, pois valores fora do esperado podem indicar desgaste interno ou problemas nos enrolamentos do motor.

Motor de arranque com problemas: o que fazer?

Ao deparar-se com problemas no motor de arranque, agir com rapidez e eficácia é fundamental para evitar complicações maiores. Além das sugestões anteriores, destaca-se a importância de manter a revisão do veículo em dia e buscar a ajuda de um profissional. 

Há multa de trânsito relacionada ao motor de arranque?

Embora não exista uma multa específica diretamente relacionada ao motor de arranque, circular com peças do veículo danificadas pode resultar em penalidades de trânsito. 

Um exemplo disso é a multa por pane seca, que, apesar de não estar diretamente relacionada ao motor de arranque, destaca a importância da manutenção adequada do veículo.

Desse modo, circular com o motor de arranque danificado pode gerar em condições inadequadas para trafegar. Isso pode resultar em multas e até mesmo na retenção do automotor, caso represente um risco à segurança.

Conclusão

Em resumo, motorista, o motor de arranque é o coração pulsante do seu veículo, proporcionando a energia necessária para dar vida ao motor. Ao compreender sua importância e realizar testes elétricos regulares, você pode antecipar problemas e garantir o pleno funcionamento do seu automóvel.

ipva 2024

Dessa forma, a manutenção preventiva, aliada à atenção aos sinais sonoros e visuais do motor de arranque, são medidas essenciais para que você tenha uma experiência de condução segura e sem contratempos.

Além disso, ao se deparar com problemas no motor de arranque, a busca por ajuda profissional é fundamental. Esses especialistas não só podem diagnosticar e corrigir problemas específicos, mas também contribuem para a prevenção de multas relacionadas à segurança veicular. 

Gostou do conteúdo? Conheça o nosso blog, temos muitos outros artigos para tirar todas as suas dúvidas! Também confira as nossas redes sociais, estamos no Instagram, Facebook, YouTube, TikTok e LinkedIn

Tags: escova motor de arranque, quanto custa para arrumar o motor de arranque, peças do motor de arranque, conserto motor de arranque


Perguntas frequentes sobre motor de arranque

Qual a função do motor de arranque?

O motor de arranque tem a função de fornecer a carga elétrica necessária para iniciar o motor do veículo, impulsionando o ciclo de combustão.

O que acontece quando o motor de arranque não funciona?

Se o motor de arranque falhar, o veículo não conseguirá dar partida, ficando inerte (incapaz de se movimentar).

Como saber quando o motor de arranque está ruim?

Sinais de um motor de arranque ruim incluem “cliques” durante a partida, ausência de som ou um som fraco. Além disso, problemas visuais, como cabos danificados, também podem indicar falhas.



Posts relacionados