Entenda a diferença entre CRV e CRLV

Por: Nayara Palmieri

Publicado em 09 de março de 2021 | Atualizado em 09 de março de 2021

crv e crlv dok despachante capa blog

CRV e CRLV são siglas parecidas que confundem muitos proprietários de veículos e condutores. Apesar da similaridade, as siglas representam documentos bem diferentes, mas de extrema importância para o veículo.

Enquanto um serve como um comprovante de venda do veículo, o outro serve para garantir que o veículo está dentro das normas ambientais e de trânsito para circular nas vias brasileiras.

Nos últimos anos, todos os documentos de automóveis passaram por mudanças para terem suas verões digitais, e com o CRV e CRLV não foi diferente.

débitos

Neste artigo, mostraremos a diferença entre os dois, para que cada um serve e mais! Continue a leitura e acabe com suas dúvidas.

O que é CRV

CRV é a sigla para Certificado de Registro do Veículo. Este documento é emitido no momento do primeiro emplacamento do veículo e contém as características de fábrica do automóvel.

Nele consta informações como número de registro, características de fábrica e dados sobre o proprietário do veículo. Esse documento não é de porte obrigatório, porém é de suma importância, principalmente no momento de compra e venda de um automóvel.

Até 1985 o CRV era conhecido como DUT (Documento Único de Transferência), como o próprio nome diz, este documento serve para quando há a situação de transferência de proprietário.

O CRV deve ser preenchido com informações do antigo proprietário e do novo proprietário, servindo como comunicação de venda aos órgãos responsáveis.

Foto de um rapaz segurando um documento DOK Despachante

Consulte grátis

Regularize seu documento
em até 12x

Ao contrário do CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo), sigla que confunde por ser bem parecida, o CRV não tem validade, tendo que ser emitido novamente só em casos específicos que veremos no decorrer deste artigo.

CRV Digital

Com o aumento da tecnologia, os documentos do veículo passaram para o mundo digital começando com a Carteira Nacional de Habilitação (CNH), o último documento a ser digitalizado foi o CRV que passou a se chamar ATPV-e (Autorização para Transferência de Propriedade do Veículo).

Diferente do CRV físico, a ATPV-e só será emitida quando o automóvel for vendido. Essa medida foi tomada para gerar mais segurança e conforto para os proprietários de veículos.

No momento de venda de um automóvel, a ATPV-e deve ser emitida e preenchida da mesma forma que o CRV físico.

Mas não se preocupe, a ATPV-e só é exigida para veículos registrados a partir de 2021. Veículos registrados até o final de 2020 podem fazer uso do CRV físico sem nenhum problema.

2ª via CRV

De acordo com o Art. 123 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB) é obrigatória a emissão de um novo CRV nos seguintes casos:

  • For transferida a propriedade;
  • O proprietário mudar o Município de domicílio ou residência;
  • For alterada qualquer característica do veículo;
  • Houver mudança de categoria.

Em caso de perda ou extravio do CRV é necessário solicitar a 2ª via no portal do Detran de registro do veículo. Será necessário apresentar os seguintes documentos:

  • RG ou CNH OU CPF original e cópia;
  • Comprovante de residência no nome do proprietário original e cópia;
  • Boletim de ocorrência original e cópia nos casos de furto do CRV;
  • Declaração de perda ou extravio autenticada do CRV quando for o caso;
  • CRV, quando o mesmo estiver rasurado, rasgado ou com quaisquer outros danos;
  • Comprovante bancário de quitação de débitos caso o veículo apresente alguma pendência.

Vale lembrar que esse processo só é válido para a versão física e impressa em papel moeda verde do documento.

Onde fica o CRV no documento

O Certificado de Registro do Veículo, em sua versão física, é emitido junto com o Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV).

A parte que deve ser preenchida ao ocorrer a compra/venda de um automóvel fica no verso do documento.

Código de segurança CRV

O código de segurança do CRV é composto por 11 caracteres e serve como uma senha para os proprietários de veículos. Este código fica presente no canto superior direito do Certificado de Registro do Veículo, tanto na versão física como na digital.

É importante saber a diferença entre CRV e CRLV neste momento, pois algumas pessoas confundem o código presente no CRLV (esse código é o número de Renavam), com o código do CRV.

O código de segurança do CRV é exigido quando o proprietário de um automóvel vai acessar pela primeira vez o CRLV-e.

crv e crlv dok despachante codigo CRV

O que é CRLV

O Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo, popularmente chamado de “licenciamento”, ou ainda de “documento do veículo”, é o documento que comprova que o veículo está apto a circular nas vias públicas brasileiras.

Este documento, de porte obrigatório para todos os proprietários de veículo, deve ser emitido todos os anos, após o pagamento de débitos, impostos e multas.

De acordo com o Art. 230 do CTB, circular com um veículo que não esteja licenciado é uma infração de natureza gravíssima e o proprietário do veículo terá de pagar uma multa no valor de R$ 293,47, além de 7 pontos na CNH e a retenção do veículo até regularizar a situação.

crv e crlv dok despachante digital

CRLV Digital

O Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo em sua forma digital tem a mesma validade jurídica da versão física e para ter acesso ao documento, ainda é preciso quitar todos os débitos e multas referente ao veículo que será licenciado.

A decisão de transformar o CRLV em um documento digital partiu de uma Resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), acreditando que dessa forma o cidadão terá mais praticidade.

Desde janeiro de 2021 o CRLV passou a ser emitido apenas de forma digital, extinguindo o Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo em sua forma física, impressa no papel-moeda verde.

Para ter acesso ao CRLV-e é preciso ter o aplicativo Carteira Digital de Trânsito (CDT), o app criado pela Serpro, que também é usado para ter acesso a CNH Digital.

Imprimir CRLV

Com o CRLV-e não é mais obrigatório circular com o documento físico em mãos, mas algumas pessoas ainda preferem portar o documento, por isso é possível imprimir o Certificado.

Há duas maneiras de acessar o documento para a impressão, pelo portal on-line do Detran ou pelo aplicativo da CDT. Confira abaixo como fazer:

Pelo portal do Detran o procedimento pode sofrer alterações dependendo do estado de registro do veículo. No caso de São Paulo, basta entrar no Detran SP acessar a aba “Serviços Online”, clicar na opção “Licenciamento Digital (CRLV-e)” em seguida clique em “Faça pela Internet”.

Após concluir o passo a passo, o documento ficará disponível para download e impressão. É importante lembrar que para serviços on-line no Detran SP é necessário ter cadastro no site.

Para imprimir através do aplicativo basta baixá-lo e realizar o cadastro, acesse a aba “Veículos”, selecione o veículo que deseja ter o documento impresso, sem seguida coloque a chave de acesso e clique nos três pontos que ficam localizados no canto inferior direito da tela, selecione a opção “Exportar” e o documento ficará disponível para impressão.

A impressão deve ser feita em folha sulfite A4 e com tinta preta. Todo o documento deve ser impresso em folha única e deve conter o QR Code.

Diferença de CRV e CRLV

Como podemos ver com o artigo, apesar das siglas parecidas, os dois documentos são diferentes, porém os dois são importantes para circular de forma regular.

O CRV contém informações de fábrica do veículo, não é de porte obrigatório e sua maior finalidade, é na hora de transferência de propriedade, para comunicar a mudança de proprietário do veículo.

Já o CRLV é de porte obrigatório e funciona como um dos documentos mais importantes do veículo, pois sem ele o condutor estará circulando de forma irregular e provocando infrações de trânsito.

Procurando outros conteúdos sobre documentos de veículos?

Para saber mais sobre todos os documentos do veículo leia nossos outros artigos abaixo.



Posts relacionados
ciclomotor Dok Despachante capa
Tudo sobre ciclomotor

Existe um debate entre os apaixonados pelos veículos de duas rodas sobre ciclomotor ser ou não considerado motocicleta. A verdade […]

Leia mais…