Carretinha para moto: tipos, como funciona, como escolher e multas

Por: Matheus Packs

Publicado em 12 de março de 2024 | Atualizado em 12 de março de 2024

Capa Artigo Carretinha para moto conheça o guia completo sobre o reboque | DOK

Salve, Motociclista! A carretinha de moto é um equipamento versátil e prático que facilita e muito o transporte de bagagens adicionais ou até mesmo objetos volumosos, como móveis ou equipamentos.

Mas, você sabe como esse reboque para moto funciona? Continue a leitura e conheça a solução eficiente para necessidades de transporte diversas. 

Como funciona o reboque para moto?

O reboque para moto oferece uma solução prática e versátil para transportar uma variedade de cargas, desde outras motos, bicicletas, móveis pequenos e até mesmo materiais de construção. 

Além disso, esse equipamento é especialmente útil em viagens longas, permitindo o transporte de bagagens adicionais sem comprometer o desempenho da moto. 

Quer manter seu veículo em dia?

Disponíveis em diversos modelos no mercado, os preços das carretinhas de moto costumam variar entre R$1.500 e R$5 mil para opções básicas e acima de R$ 5 mil para modelos mais completos, que podem incluir recursos como freios mais modernos e basculantes.

Qualquer moto pode puxar carretinha?

Segundo a Resolução CONTRAN n.º 273 DE 04/04/2008, somente as motocicletas e motonetas dotadas de motor com mais de 120 cilindradas poderão tracionar semirreboques. 

Além disso, vale ressaltar que as carretinhas deverão ser:

  • Projetadas especialmente para uso exclusivo em motocicletas, motonetas ou triciclos;
  • Autorizadas e homologadas pelo Detran;
  • Carregadas nos limites de capacidade máxima de tração, indicados pelo fabricante do veículo que conduzirá a carretinha.

A circulação de motos equipadas com a carretinha é livre em vias urbanas e rodovias, desde que cumpram as resoluções do CONTRAN, bem como as velocidades mínima e máxima da via sem comprometer a segurança do trânsito.

Tipos de carretinhas de moto

Carregar objetos grandes ou pesados em sua moto não precisa ser um desafio. Com uma carretinha de moto, você pode transportar diversos tipos de carga com segurança, praticidade e sem comprometer o desempenho da sua moto. 

Mas, para isso, é necessário escolher a carretinha de moto ideal para suas necessidades. Confira os principais modelos e suas funções a seguir:

Moto com carretinha lateral

Este modelo de carretinha é acoplado ao lado da moto e é ideal para transportar cargas compactas. Sua posição lateral facilita a condução e manobras, tornando-a uma opção prática para pequenos volumes.

Foto de moto com carretinha lateral | DOK

Semirreboque para moto

A carretinha semirreboque é uma opção mais simples e econômica, sendo aberta e adequada para cargas leves. É uma escolha popular para quem precisa transportar objetos de tamanho médio sem comprometer a dirigibilidade da moto.

Foto de semirreboque para moto | DOK

Carretinha basculante para moto

A carretinha basculante é projetada para facilitar o carregamento e descarregamento de cargas pesadas. Sua característica basculante, isto é, que pode mover-se de maneira semelhante a uma alavanca (para cima e para baixo), permite que a plataforma seja inclinada, facilitando o acesso à carga e tornando o processo mais eficiente.

Foto de carretinha basculante para moto | DOK

Carretinha baú para moto

Este tipo de carretinha é fechado e oferece proteção adicional para a carga contra intempéries e possíveis furtos. É uma opção mais segura para transportar objetos sensíveis ou de alto valor, garantindo sua integridade durante o trajeto.

Foto de carretinha baú para moto | DOK

Saiba mais sobre veículos

Ei, Motorista! Se você chegou até aqui, achamos que também vai precisar saber disso. Confira:  


Como escolher a carretinha de moto?

Ao escolher uma carretinha de moto, é importante considerar vários fatores, como a capacidade de carga, o tamanho, o material de fabricação e os sistemas de freio e iluminação. 

Certifique-se de selecionar um modelo deste acessório que atenda às suas necessidades específicas e que seja compatível com a sua moto.

Confira a seguir alguns fatores importantes para a escolha da carretinha para moto ideal:

  • Capacidade de carga: escolha uma carretinha com capacidade superior ao peso da carga que você planeja transportar;
  • Tamanho: compatível com o tamanho da sua moto e da carga;
  • Material: aço, alumínio ou madeira. Escolha conforme sua necessidade e orçamento;
  • Sistema de freio: inercial, elétrico ou a disco (garante a segurança na frenagem);
  • Sistema de iluminação: lanternas, faróis e piscas (permite a circulação segura à noite).
Infográfico sobre como escolher a carretinha de moto | DOK
Infográfico elaborado por Bruna Florentino | DOK

Qual a diferença entre moto com reboque e reboque de moto?

Mas tem diferença? Sim, são situações bastante diferentes uma da outra. Confuso, não é, motociclista? Calma que explicaremos melhor a seguir.

Uma moto com reboque tem a carretinha “grudada” ou já conectada à motocicleta, formando uma única unidade. Há também a possibilidade de o veículo contar com engate para reboque.

Já um reboque de moto é um dispositivo separado que pode ser acoplado em diferentes motos, oferecendo flexibilidade na escolha do veículo de tração. Em resumo, é outra maneira de se nomear a carretinha separadamente.

Dicas para usar a carretinha para moto

Para utilizar a carretinha para moto de forma segura e eficiente, é importante seguir algumas dicas:

  • Respeite os limites de velocidade: evite exceder a velocidade máxima permitida;
  • Cuidado ao fazer curvas: reduza a velocidade e faça curvas com cuidado;
  • Mantenha a distância segura: evite frenagens bruscas e mantenha distância segura do veículo à frente;
  • Verifique a pressão dos pneus: mantenha os pneus da moto e da carretinha com a pressão correta;
  • Faça revisões periódicas: revise a carretinha regularmente para garantir sua segurança.

Carretinha para moto dá multa?

A falta de regularização do reboque para moto pode resultar em multas e outras penalidades. Conforme dito anteriormente, é essencial garantir que a carretinha esteja devidamente licenciada, com placa do DETRAN e toda a documentação exigida para evitar problemas legais durante o transporte.

Além disso, existem itens de segurança e de sinalização obrigatórios, como para-choques e lanternas traseiras vermelhas, também indicados na Resolução CONTRAN n.º 273 DE 04/04/2008. 

Vale destacar que o descumprimento dessas normas pode resultar nas penalidades previstas no Art. 244 e/ou também no Art. 230 do Código de Trânsito Brasileiro. Confira na tabela:

Implicações da carretinha de moto irregular
Art. 244Art. 230
DescriçãoInciso II: “Conduzir motocicleta, motoneta e ciclomotor transportando passageiro sem o capacete de segurança, na forma estabelecida no inciso anterior, ou fora do assento suplementar colocado atrás do condutor, ou em carro lateral”Inciso X: “com equipamento obrigatório em desacordo com o estabelecido pelo CONTRAN”
InfraçãoGravíssimaGrave
PenalidadesMulta e suspensão do direito de dirigir + retenção do veículo até a regularização e recolhimento do documento de habilitação.Multa + retenção do veículo para regularização.

Como e onde pagar a multa de carretinha para moto

Transportou passageiros na carretinha ou o reboque estava irregular? Pode relaxar que o DOK te ajuda.  Para regularizar a situação do seu veículo de maneira fácil, prática e livre de burocracias, basta acessar o site do DOK, o primeiro despachante online do Brasil.

Conte com o DOK e parcele multas, IPVA e licenciamento em até 12 vezes, usando até seis cartões diferentes, totalmente online e sem complicações.

Conclusão

As carretinhas de moto são uma solução prática e segura para transportar cargas com sua moto. Com os diferentes tipos disponíveis no mercado e seguindo as dicas deste guia, você poderá escolher a carretinha ideal para suas necessidades e utilizá-la com segurança. 

Lembre-se sempre de manter a regularização da carretinha e do seu veículo em dia com as facilidades que o DOK oferece. 

Gostou do conteúdo? Então, tenho certeza que vai adorar conhecer o nosso blog. Para ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo automotivo, acompanhe-nos nas redes sociais Instagram, Facebook, YouTube, TikTok e LinkedIn

Tags: carretinha reboque para moto, semi-reboque para moto


Perguntas frequentes sobre carretinha para moto

É permitido carretinha na moto?

Sim, motos com a partir de 120cc podem rebocar carretinhas, desde que sigam as exigências do Detran e CONTRAN.

Qual o preço de um reboque de moto?

O preço de um reboque de moto varia de R$ 1.500 a R$ 5.000 para modelos básicos e acima de R$ 5.000 para opções mais completas, com recursos adicionais.

Qual o peso de uma carretinha para moto?

O peso de uma carretinha para moto varia conforme o modelo, material e capacidade. Em média, esse valor costuma oscilar entre 50 kg e 200 kg.



Posts relacionados