Tudo sobre a pontuação CNH SP

Por: Redator

Publicado em 18 de dezembro de 2019 | Atualizado em 06 de janeiro de 2020

pontos sp

Quando um motorista comete uma infração de trânsito nas ruas e estradas brasileiras, logo é penalizado. Este é o sistema de multas do país, que visa o bom cumprimento das regras de trânsito. Com este sistema, aparece também o sistema de pontos, no qual os motoristas são penalizados de acordo com a gravidade da infração, perdendo pontos na CNH.

Assim, as infrações podem ser penalizadas de duas formas, com multa e pontuação na CNH ou Permissão para Dirigir. No sistema de multas, as infrações de categoria leve, média, grave e gravíssima é que são penalizadas.

O sistema de pontuação e multas ainda gera muitas dúvidas nos motoristas, por isso, a seguir, você entende melhor a pontuação CNH SP, visto que é um detalhe fundamental para quem dirige no Brasil.

Quer saber mais? Confira já!

Pontuação CNH SP

Cada motorista pode ter até um total de 19 pontos, visto que a partir de 20 tem sua carteira suspensa. Para os motoristas profissionais, a pontuação é diferente, são 14 pontos. Quem está com a PPD (Permissão Para Dirigir) deve ficar atento às infrações, pois só pode solicitar a CNH definitiva caso não tenha cometido nenhuma infração média, grave ou gravíssima.

A pontuação é acumulada na CNH por 1 ano, sendo assim, cada pontuação tem duração de 12 meses partindo da data da infração.

A forma de consultar a pontuação da CNH você vê adiante no artigo.

Como são as multas e a pontuação

As multas são divididas em categorias de acordo com sua gravidade: leve, média, grave e gravíssima. Dessa forma, as penalidades são determinadas de acordo com o que prevê o CTB e incluem a adição de pontos na CNH e multa, podendo chegar ao caso de suspensão da carteira. Todas as infrações estão previstas no artigo 259 do CTB.

Veja a seguir:

Para infração leve, o motorista recebe 3 pontos e precisa pagar uma multa de R$ 88,38. As infrações leves são como estacionar veículo em acostamento, parar o veículo sobre a faixa e buzinar em desacordo com as normas do CONTRAN.

Para a infração média, são 4 pontos na carteira e a multa é de R$ 130,16. Como exemplos de infração média estão atirar objetos do veículo e não mudar de pista com antecedência para dobrar.

Para a infração grave, são 5 pontos e multa de R$ 195,23. Como exemplo, não dar preferência ao pedestre na faixa de pedestre e conduzir pessoas, animais ou carga na parte externa do veículo.

Por fim, para infração gravíssima, são 7 pontos na CNH e multa de R$ 295,47. Entre as infrações consideradas gravíssimas estão fazer falsa declaração de domicílio para fins de registro, licenciamento ou habilitação e dirigir com CNH suspensa.

Algumas infrações gravíssimas têm como penalidade a suspensão da carteira, mesmo que o motorista não tenha atingido o número máximo de pontos. Alguns exemplos destas infrações, que são chamadas Suspensivas, são conduzir moto transportando passageiro sem capacete ou fora do assento correto e dirigir alcoolizado.

Veja também: Multas: tudo o que você precisa saber para fugir delas!

Como os pontos são atribuídos

Os pontos são atribuídos ao condutor que cometeu a infração, no entanto, em alguns casos é atribuído ao proprietário do motorista, mesmo que não tenha sido cometida por ele. Caso o proprietário não seja o responsável pela infração, poderá recorrer e apontar o condutor que realmente cometeu a infração. Isso já aparece na Notificação de Autuação Por Infração, no campo Identificação de Condutor Infrator e pode ser feito no prazo apontado na própria notificação, indicando nome, CPF e número da CNH do responsável pela infração.

No caso de a infração ter sido cometida em um veículo alugado, é preciso entregar o formulário de identificação junto com uma cópia do contrato de locação.

Em caso de penalização injusta, o motorista tem o direito de recorrer.

Os formulários de apontamento do condutor serão aceitos de acordo com sua qualidade, preenchimento completo e todas as assinaturas exigidas devem constar.

Como consultar a pontuação da CNH

Para consultar a pontuação da CNH, o motorista pode realizar de várias formas diferentes.

Primeiro, pode comparecer pessoalmente ao Detran de sua cidade com a CNH em mãos. Caso o motorista não possa comparecer ao Detran, familiares podem fazer a consulta, desde que levem uma cópia de sua habilitação e comprovante de parentesco original.

A segunda forma é através do site do Detran do seu estado. Lá é possível consultar esta e mais informações sobre multas e pontuação.

A terceira, pelo aplicativo do Detran, que pode ser baixado no celular ou tablet (Android e iOS) de forma gratuita. Através do aplicativo, o motorista também pode consultar a pontuação da CNH.

É importante lembrar que o condutor deve conferir a pontuação da habilitação regularmente, a fim de evitar problemas.

Consultar pontuação CNH SP online

Existe outra maneira de conferir a pontuação da sua CNH, através do site do DOK Despachante. O DOK tem a missão de facilitar a vida dos condutores, assim, oferece um serviço simples e rápido, no qual o motorista consegue consultar as multas pela placa do veículo, realizar o licenciamento do veículo, entre outros serviços.

Para realizar a consulta da pontuação da CNH, é preciso apenas acessar o site do DOK, informar o nome, e-mail e a placa do veículo. Aí, já aparecem várias informações sobre o veículo, tudo de forma gratuita e rápida.

Fazer a consulta da pontuação CNH SP é fundamental para todos os motoristas, visto que esta é uma forma de acompanhar a situação da CNH. É preciso levar em conta também que o sistema pode apresentar falhas, principalmente na contagem dos pontos; caso isso aconteça, o motorista pode perceber rapidamente, avaliar a veracidade da penalidade e recorrer. Além disso, pode saber quem foi o autor da infração e transferir os pontos.

Para isso, nesse artigo você viu tudo sobre a pontuação CNH SP, que ajuda você a compreender melhor o sistema de pontuação e multas, podendo se precaver e recorrer quando for necessário.

Para mais conteúdos como este, acesse nosso blog!



Posts relacionados