São Paulo registra 2 milhões de multas de trânsito no primeiro semestre de 2016

São Paulo registra 2 milhões de multas de trânsito no primeiro semestre de 2016

São numerosos os moradores que questionam as multas que são dadas em São Paulo e existe uma espécie de multa que tem mais questionamentos: a por excesso de velocidade. Vale dizer que São Paulo registra 2 milhões dessas multas e que essa quantidade está relacionada apenas ao primeiro semestre do ano de 2016.

 

Todas as multas são produzidas pelo condutor?

Na teoria, quem ocasiona a multa é o condutor. Afinal, se o automóvel estava com mais velocidade é porque ele acelerou. No entanto, esse pensamento não pode ser a única razão para essas multas em São Paulo, já que existem problemas, por exemplo, com os radares, que costumam ser excessivos.

sao-paulo-registra-2-milhoes-de-multas-de-transito-no-primeiro-semestre-de-2016

Na realidade, o tema “radares” é muito citado e muitos cidadãos não acham que esse sistema seja realmente isento, falando-se até em uma indústria disso, o que significa que, em vez de ser um meio de observar se os condutores estão agindo de forma regular, acaba servindo como um caminho para o Governo adquirir renda.

 

Por que os cidadãos realizam essas acusações contra os radares?

Algumas mudanças ocorrem no trânsito e elas estão ligadas à velocidade máxima que se pode ter em São Paulo. Existir um limite é fundamental para que qualquer local possa ter um trânsito saudável. Contudo, o problema inicia-se quando as diferentes ruas possuem limites diversos. Assim, enquanto o cidadão está na Avenida X, tem-se 50 km/h como limite. Entretanto, quando ele passa para a Avenida Y, o limite desce para 40 km/h, por exemplo.

O que é comum ver os cidadãos reclamarem é que não existe tempo para que eles consigam organizar-se com relação à velocidade. Isso significa que eles não podem usar velocidade menos a tempo, já que o radar fotografa-os e multa antes.

 

Como os cidadãos conseguem vencer as multas?

Uma orientação para que os cidadãos não estejam dentre os multados é conhecer quais são as ruas ou as avenidas em que esses radares estão, além de compreender qual é o limite. Um exemplo: um cidadão que utiliza duas rotas para ir ao seu trabalho pode anotar qual é o limite nas ruas e nas avenidas envolvidas, além da ordem delas na rota, e acompanhar enquanto dirige. Quando o cidadão usa esse esquema, ele já sabe qual a via em que estará e também qual é o limite, conseguindo diminuir.

 

Todas as multas dos radares existem?

Vale dizer que uma das razões para que existam tantas multas em São Paulo pode ser alguns defeitos vistos nos radares. Apesar de ser falado de inconvenientes apenas em um radar, começa-se a questionar se não há outros radares da mesma forma.

É importante dizer que os cidadãos podem, ao obter uma multa, questionar e até usar o recurso administrativo. Contudo, esse processo fica facilitado quando o cidadão utiliza o Despachante Dok, que realiza a documentação para que o indivíduo peça o recurso e o licenciamento online.

Comentários

Gregory Packs
Gregory Packs

Um jovem de Sorocaba, interior de São Paulo, descobriu na prática o que é estratégia multicanal – e como ela pode revolucionar o negócio de sua família. Gregory Packs tinha 3 anos de experiência no ramo de Sistemas de Informação quando percebeu que o escritório despachante da mãe enfrentava problemas. A Dok Despachante havia sido criada no início de 2006 por Beth Pontes que começou sua carreira de Despachante há 20 anos, depois de uma longa carreira em escritórios da cidade. “Quatro ou cinco anos depois começamos a concluir que, nesse mercado de despachantes, numa cidade como Sorocaba, os grandes reinam e havia poucas chances para os pequenos, mesmo com experiência”, conta Gregory. Foi quando ele decidiu empregar o que havia aprendido com a experiência digital sozinho e na faculdade.

Related Posts