O que fazer quando sua CNH é suspensa por excesso de pontos?

Quando se pensa em infrações, o que os motoristas logo pensam é no valor das multas. Porém, essas multas trazem mais consequências: a pontuação e, além disso, a suspensão da carteira. Se isso aconteceu, é possível o motorista recuperar a sua CNH, mas é preciso saber quem procurar e o que será preciso.

 

Qual é a pontuação que suspende?

É importante dizer que não são todas as infrações cuja pontuação traz essa consequência. Na verdade, é necessário juntar multas suficientes para acumular 20 pontos: esse é o limite e, quando o motorista alcança, a CNH é suspensa.

O que fazer quando sua CNH é suspensa por excesso de pontos

Curso de reciclagem do DETRAN

Aqueles que têm a sua carteira de motorista suspensa são obrigados a realizar um curso oferecido pelo Departamento Estadual de Trânsito (DETRAN). Esse curso para motoristas infratores, assim como o de emissão da carteira, possui média de aprovação e a CNH somente é liberada depois do resultado mínimo. São 20 horas de carga.

Precisando de ajuda no licenciamento, clique aqui!

 

Fazendo o curso, pode-se dirigir?

Mesmo que o motorista tenha realizado o curso de reciclagem para motoristas infratores e conseguido a aprovação, ele não poderá voltar a dirigir enquanto a sua suspensão não acabar, inclusive porque a nova CNH nova não pode ser levada enquanto o período estabelecido não passar.

 

Infrações gravíssimas: elas também tiram a CNH

Há motoristas que ficam com a carteira suspensa mesmo sem ter 20 pontos acumulados. Nesse caso, eles cometeram o que o DETRAN chama de infração gravíssima. São infrações desse tipo: manobra perigosa, dirigir alcoolizado, conduzir sem ter a habilitação da categoria correta, não parar em bloqueis da polícia, participar de corridas, estar com a CNH vencida há um mês, estar 50% acima do limite e mais.

Em qualquer uma dessas situações, que também são conhecidas como infrações autossuspensivas, o curso de reciclagem é necessário, assim como aguardar o tempo de suspensão.

 

Contestando a suspensão da CNH

É possível que o condutor conteste o DETRAN por conta da suspensão e algumas das justificativas podem sera não-posse do veículo, pontos ilegais e o roubo ocorrido anteriormente à infração. Importante dizer que todas essas justificativas precisam ser provadas ao DETRAN: sem isso, a suspensão será mantida. Além disso, existe um intervalo de dois meses para que o motorista procure o órgão.

 

O que ocorre se o motorista conduzir com a CNH suspensa?

Se um motorista não obedecer à suspensão do DETRAN e permanecer dirigindo, ele pode ser até preso. Isso acontece porque a Justiça entende essa atitude como um crime de trânsito e, por isso, o motorista pode ser condenado e cumprir doze meses. Além disso, o automóvel pode ser apreendido e o motorista receber mais multa; afinal, a infração gravíssima continua ocorrendo.

O tempo em que o motorista fica suspenso é variável e, se for uma reincidência, pode ser de vinte e quatro meses. No entanto, a suspensão mínima é de um mês. Vale dizer que a nova habilitação chega sem os pontos antigos.

Comentários

Gregory Packs
Gregory Packs

Um jovem de Sorocaba, interior de São Paulo, descobriu na prática o que é estratégia multicanal – e como ela pode revolucionar o negócio de sua família. Gregory Packs tinha 3 anos de experiência no ramo de Sistemas de Informação quando percebeu que o escritório despachante da mãe enfrentava problemas. A Dok Despachante havia sido criada no início de 2006 por Beth Pontes que começou sua carreira de Despachante há 20 anos, depois de uma longa carreira em escritórios da cidade. “Quatro ou cinco anos depois começamos a concluir que, nesse mercado de despachantes, numa cidade como Sorocaba, os grandes reinam e havia poucas chances para os pequenos, mesmo com experiência”, conta Gregory. Foi quando ele decidiu empregar o que havia aprendido com a experiência digital sozinho e na faculdade.

Related Posts